Actigall - ácido ursodesoxicólico - Bula

Actigall

ácido ursodesoxicólico



Actigall

Indicação

Para quê serve Actigall?

Tratamento de cálculo biliar e de cirrose biliar primária; dissolução dos cristais de colesterol e de cálculos de colesterol em pacientes com vesícula biliar funcionante; tratamento preliminar e de manutenção de colelitotripsia; dispepsia dolorosa, intolerância à gordura; tratamento da síndrome de pós-colecistectomia; cirrose biliar primária.

Contraindicações

Quando NÃO devo usar este medicamento?

Gravidez e lactação; pacientes com cólicas biliares frequentes, inflamação da vesícula e dos ductos biliares ou com má absorção de ácidos biliares como na inflamação do intestino grosso e delgado ou doença de Crohn).

- Interações medicamentosas: deve ser evitada a administração concomitante de colestiramina, colestipol e antiácidos que contenham hidróxido de alumínio, pois estas substâncias não permitem sua absorção.

Posologia

Como usar Actigall?

A posologia pode ser alterada pelo médico.

Actigall deve ser administrado em dose única, à noite antes de dormir. Para dissolução de cálculo de colesterol e terapia adjuvante em colelitotripsia : até 70 kg de peso corporal: 2 cápsulas de 300 miligramas por dia; acima de 70 kg: 10 miligramas de Actigall por kg de peso.

Para dispepsia dolorosa: 1 cápsula de 300 miligramas por dia.

Para cirrose biliar primária: 10 a 12 mg por kg de peso por dia.

Em pacientes tomando resinas que se ligam a ácidos biliares para melhorar o prurido, Actigall deve ser administrado 2 a 3 horas antes ou 4 horas após a dose de resina.

A duração mínima do tratamento para dissolução de cálculos é de 3 meses. Quando os cálculos não forem mais visíveis por técnicas de ultra-som ou de radiodiagnóstico, o tratamento com Actigall deve continuar como medida preventiva por mais 3 meses para que seja possível dissolver fragmentos indetectáveis.

Em casos de fragmentação por colelitotripsia, deve-se administrar Actigall 2 semanas antes da intervenção e o tratamento deve continuar por até 3 meses após o desaparecimento dos fragmentos.

Atenção: mesmo se os sintomas desaparecerem logo no início do tratamento e o paciente sentir-se melhor de modo geral, a dose prescrita pelo médico não pode ser reduzida nem a medicação deve ser descontinuada.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

A dissolução de cálculos na vesícula com Actigall só deve ser feita em casos de cálculos transparentes aos raios -X, em pacientes com vesícula biliar funcionante.

Composição

Cada cápsula contém: ácido ursodesoxicólico 150ou 300 miligramas Excipiente q.s.p. 1 cápsula.

Apresentação

Caixas com 20 ou 30 cápsulas.

Laboratório

Novartis Biociências S.A.


Bulas
Principal