Bicarbonato de Sodio - Bula

Bicarbonato de Sodio



Referência

(bicarbon - hipolabor)

Apresentação de Bicarbonato de Sodio

Caixa com 100 ampolas contendo 10 ou 20 mililitros a 8,4% ou 10%

Bicarbonato de Sodio - Indicações

O bicarbonato de sódio é indicado para acidose metabólica, restabelecendo o equilíbrio ácido-base do organismo; no tratamento de cálculos renais, causados por ácido úrico, é indicado como coadjuvante para reduzir a cristalização deste (uso oral); no tratamento de diarréia onde a perda de bicarbonato é severa; no tratamento de certas intoxicações por medicamentos, incluindo barbitúricos e salicilato ou álcool metílico.

Contraindicações de Bicarbonato de Sodio

O bicarbonato de sódio é contraindicado em pacientes com edemas. Não é recomendado como antídoto depois da ingestão de ácidos minerais fortes; em pacientes com alcalose metabólica, perda de cloretos devido a vômitos, hipocalcemia, toxemia de gestação, disfunção renal ou hipertensos.

Advertências

Se necessário o uso em gestante, a quantidade de sódio que se absorve pode causar edema e aumento de peso devido a ser absorvido sistematicamente. Não se deve administrar antiácido em crianças menores de 6 anos. Deve ser usado com cuidados especiais em pacientes com lesão ou insuficiência renal, com histórico de retenção de sódio.

Interações medicamentosas de Bicarbonato de Sodio

Uso simultâneo de bicarbonato de sódio com: - Corticotrofina (ACTH), especialmente com o uso terapêutico crônico, pode produzir hipernatremia. - Anfetaminas ou Quinidina podem produzir inibição de excreção urinária. - Anti-coagulantes Podem diminuir a absorção dos anti-coagulantes. - Anti-muscarínicos podem diminuir a absorção reduzindo a eficácia destes. - Efedrina pode aumentar a vida média desta, com consequente aumento na duração de sua ação. O bicarbonato de sódio pode antagonizar o efeito da pentagastrina e da histamina na avaliação da secreção acida gástrica, portanto no dia do exame de secreção ácida gástrica recomenda-se não fazer o uso de bicarbonato de sódio.

Reações adversas e efeitos colaterais de Bicarbonato de Sodio

Em doses excessivas pode causar edemas em pacientes com tendências à retenção de sódio. Alcalose com sintomas gatrintestinais consistindo em inapetência, náusea e vômitos.

Bicarbonato de Sodio - Posologia

POSOLOGIA: Via Intravenosa: - Adultos e crianças maiores (em parada cardíaca): inicialmente 1mEq por kg de peso, podendo-se repetir dose de 0,5mEq por peso a cada 10 minutos. - Adultos (em acidose metabólica): 2 a 5mEq por kg de peso pelo período de 4 a 8 horas.

Superdosagem

Em caso de administração de doses excessivas causando alcalose com quadro de tetania, deve ser corrigido com suspensão do medicamento e injeção endovenosa de solução de cálcio a 10% (lentamente).

Características farmacológicas

Aumenta o bicarbonato plasmático, tampona o excesso de concentração de hidrogênio e aumenta o pH sanguíneo, invertendo as manifestações clínicas da acidose. Como alcalinizante urinário, aumenta a excreção de íons bicarbonato livres na urina podendo dissolver as pedras de ácido úrico do sistema urinário. Como antiácido neutraliza a acidez gástrica reagindo com os ácidos do estômago, sem agir sobre sua produção. Aumenta o pH do conteúdo gástrico aliviando os sintomas da hiperacidez. Sua excreção se dá por via renal e o CO2 formado por via pulmonar.

Data da bula

Jul 1 2008 12:00AM


Bulas
Principal