Ad-til - Acetato de Retinol - Bula

Ad-til

Acetato de Retinol

Hipovitaminoses a e D



Ad-til

Indicação

Para quê serve Ad-til?

Hipovitaminoses A e D.

No crescimento das crianças, em casos de raquitismo e seus sintomas (espasmofilia), osteomalácia e para o aumento da resistência às infecções.

Contraindicações

Quando NÃO devo usar este medicamento?

Hipersensibilidade aos componentes da fórmula;

Hipersensibilidade conhecida ao colecalciferol, ergocalciferol ou metabólitos da vitamina D (por exemplo: calcitriol, calcifediol, alfacalcidol, calciprotriol);

Hipersensibilidade conhecida à vitamina A;

Hipercalcemia;

Hipervitaminose A ou D;

Portadores de osteodistrofia renal com hiperfosfatemia;

As preparações orais de vitamina A e D não estão indicadas para tratar a deficiência destas vitaminas em pessoas cuja síndrome de má absorção é a etiologia da deficiência.

Posologia

Como usar Ad-til?

Cada duas gotas da solução contém 2.500 U.I. de vitamina A e 500 U.I. de vitamina D.

Para a prevenção das deficiências de vitaminas A e D:

Recém-nascidos, lactentes e crianças até os 12 anos de idade: 2 gotas ao dia.

Adolescentes e adultos: 2 gotas ao dia.

Para o tratamento das deficiências de vitaminas A e D:

Tratamento do raquitismo / osteomalácia secundária à deficiência dietética (carencial):

Crianças: 2 gotas ao dia.

Adultos: 2 a 4 gotas ao dia, até a cura clínica. Após, 2 gotas ao dia como manutenção.

Tratamento do raquitismo / osteomalácia secundária ao uso de anticonvulsivante:

Crianças: 2 gotas ao dia.

Adultos: 2 a 4 gotas ao dia.

Não administre medicamentos diretamente na boca das crianças, utilize uma colher para pingar as gotinhas.

Gestantes e lactantes com ingestão inadequada de alimentos ricos em vitaminas A e D:

2 a 4 gotas diárias a fim de se manter o aporte diário recomendado de vitaminas.

O uso de AD-TIL não deve exceder 4 gotas ao dia (5.000 U.I. de vitamina A) durante a gestação.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

As reações adversas descritas em decorrência do uso da vitamina A são:

Efeitos sobre o Sistema Hematopoético: a hipervitaminose A levou à hipoprotrombinemia com defeito da coagulação.

Efeitos sobre o Sistema Nervoso Central: a exposição a longo prazo à vitamina A pode ocasionar cefaléia, insônia e sonolência.

Efeitos psiquiátricos: a exposição prolongada a altas doses de vitamina A pode causar depressão grave e psicose.

Efeitos gastrintestinais: hepatotoxicidade com o uso crônico de doses menores que 100.000 U.I. ao dia de vitamina A é incomum, entretanto, este risco pode aumentar na vigência de doença renal ou hepática, desnutrição protéica, hiperlipoproteinemia, consumo de álcool ou deficiência de vitamina C.

Efeito sobre a visão: a diplopia pode ser um sinal precoce de hipervitaminose A.

Efeitos sobre a musculatura e ossos: a osteoporose e o risco aumentado de fratura de quadril assim como a osteoclerose foram associadas ao uso excessivo de vitamina A.

As reações adversas descritas em decorrência do uso da vitamina D são:

Alterações endócrinas e metabólicas: a toxicidade pela vitamina D, incluindo a nefrocalcinose/insuficiência renal, hipertensão e psicose, podem ocorrer com o uso prolongado de colecalciferol; doses relativamente baixas podem produzir toxicidade em crianças pequenas hipersensíveis. A hipervitaminose D é reversível com a descontinuação do tratamento ao menos que ocorra dano renal grave.

Anormalidades das gorduras do sangue: efeitos dislipidêmicos do colecalciferol, caracterizados pela redução do HDL-colesterol e aumento do LDL-colesterol, tem sido observados quando as vitaminas são administradas isoladas em mulheres pós menopausa.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

O uso de doses acima das preconizadas pode determinar quadro de hipervitaminoses A e D, cujo tratamento consiste basicamente na suspensão imediata da medicação e outras medidas de suporte cabíveis.

Composição

Cada ml (40 gotas) da solução contém:

Acetato de retinol (vitamina A): 50.000 U.I.

Colecalciferol (vitamina D): 10.000 U.I.

Veículo não alcoólico q.s.p.: 1 ml Veículo: metilparabeno, propilparabeno, butilhidroxianisol e óleo de milho.

Apresentação

Frasco gotejador contendo 10 mililitros

Pacientes Idosos

Não existem restrições ou cuidados especiais quanto ao uso do produto por pacientes idosos, uma vez que não têm sido relatados problemas com a ingestão das quantidades normais das vitaminas a e d recomendadas para os idosos. entretanto, devido ao retardo do clearance do éster retinil, o uso prolongado de vitamina a por idosos pode aumentar o risco de sobrecarga da vitamina a. estudos têm revelado que idosos podem ter níveis mais baixos de vitamina d do que os adultos jovens, especialmente aqueles com pouca exposição solar.

Características

AD-TIL é uma solução lipossolúvel de vitaminas A e D.

AD-TIL contém a vitamina A, indispensável ao perfeito desenvolvimento dos processos metabólicos; atua no organismo, aumentando a resistência às infecções e concorrendo para a integridade dos epitélios. É fator importante no crescimento e desenvolvimento de crianças e lactentes.

Específico na prevenção de xeroftalmia e ceratomalácia, o que leva à cegueira. Entra na composição da rodopsina, indispensável à adaptação da visão na obscuridade.

A vitamina D, outro componente de AD-TIL, é por excelência antirraquítica e fixadora do cálcio e fósforo. É, portanto, uma vitamina indispensável em qualquer época da vida humana. Influi no crescimento, desenvolvimento e na dentição.

Laboratório

Altana Pharma Ltda.

rdv SP-340, 133000, Km 133, , Jaguariúna - SP, 13820000 TEL.: 38475580, (19) 3867-3483(19) 8007-710345 http://2923.br.all.biz


Hipovitaminoses a e D
Bulas
Principal