Caverject - Bula

Caverject



Caverject

Indicação

Para quê serve Caverject?

Tratamento da disfunção erétil de etiologia neurogênica, vasculogênica, psicogênica ou mista. Coadjuvante de outros testes no diagnóstico da disfunção erétil.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Pacientes com reconhecida hipersensibilidade a este medicamento; pacientes com condições predisponentes ao priapismo, tais como, anemia ou doença falciforme, mieloma múltiplo ou leucemia; pacientes com deformação anatômica do pênis (angulação, fibrose cavernosa ou doença de Peyronie). Caverject não deve também ser utilizado por pacientes com implantes penianos, nem por pacientes cuja atividade sexual seja contraindicada ou não-recomendada. Caverject não deve ser utilizado, para outras indicações, em mulheres ou recém-nascidos.

Posologia

Como usar Caverject?

Caverject deve ser administrado por injeção intracavernosa direta. Recomenda-se geralmente uma agulha de 3/8 a meia polegada, calibre entre 27 e 30. A dose de Caverject deve ser individualizada para cada paciente através de uma titulação cuidadosa, supervisionada pelo médico.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

A reação adversa relatada com maior frequência após a injeção intracavernosa de Caverject é dor peniana, que na maioria dos casos, a dor peniana foi classificada como leve ou moderada. Nos estudos clínicos foi relatado fibrose peniana, inclusive angulação, nódulos fibróticos e doença de Peyronie; a incidência de fibrose peniana; hematoma no local da injeção, equimose no local da injeção; ambos os eventos foram relacionados mais à técnica de aplicação da injeção do que aos efeitos do alprostadil; ereção prolongada após a administração intracavernosa de Caverject; balanite, hemorragia, prurido, inflamação, inchaço ou edema no local da injeção; sangramento uretral; aquecimento peniano, infecção por leveduras, dormência, irritação, sensibilidade, fimose, prurido, eritema, ereção dolorosa, extravasamento venoso e ejaculação alterada. Foram relatados raramente os seguintes efeitos sistêmicos (menos de 1% dos pacientes nos estudos clínicos), sendo considerados como possivelmente relacionados com o uso de Caverject: distúrbios testiculares (dor, inchaço, aquecimento, espessamento, aglomeração), distúrbios escrotais (eritema, dor, espermatocele), edema escrotal, hematúria, frequência urinária, urgência urinária, dificuldade para urinar, hipotensão, vasodilatação, extra-sístole supraventricular, distúrbios vasculares periféricos, hiperestesia, fraqueza não generalizada, dor pélvica, reações vasovagais, diaforese, erupções cutâneas, prurido não localizado no ponto da aplicação, neoplasma da pele, náuseas, boca seca, creatinina sérica aumentada, câimbras nas pernas, midríase. Caverject (alprostadil) não apresentou efeitos clinicamente importantes nos testes laboratoriais séricos e urinários. Interações medicamentosas: não são conhecidas interações medicamentosas até o momento.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Pode ocorrer priapismo (ereção persistente por mais de 6 horas) após a administração intracavernosa de Caverject. O paciente deve ser orientado para relatar imediatamente a seu médico, ou procurar assistência médica, no caso de ocorrer qualquer ereção que persista por mais de 6 horas.

O tratamento do priapismo deve ser realizado de acordo com a prática médica estabelecida. Pode ocorrer fibrose peniana, inclusive angulação, nódulos fibróticos e doença de Peyronie, após a administração intracavernosa de Caverject. A ocorrência de fibrose pode aumentar conforme o aumento na duração do uso de Caverject.

Composição

Cada frasco-ampola contém: alprostadil USP 10mcg, excipiente q.s. Cada frasco-ampola contém: alprostadil USP 20 mcg, excipiente q.s. O excipiente contém lactose, citrato de sódio e, se necessário para ajuste de pH, soluções a 10% de hidróxido de sódio ou de ácido clorídrico. Cada ml do diluente contém: álcool benzílico (+ excesso) 0,9%, água para injeção q.s.p. 1 ml.

Apresentação

Estojo com 1 frasco-ampola com 10 mcg ou 20 mcg de alprostadil, acompanhado de 1 seringa estéril contendo 1 ml de água bacteriostática para injeção, 2 agulhas estéreis e compressa antisséptica.

Laboratório

Pharmacia & Upjohn Ltda.


Bulas
Principal