Cefobid - Cefoperazona - Bula

Cefobid

Cefoperazona

Antibioticos Sistemicos



Cefobid

Indicação

Para quê serve Cefobid?

Cefobid (cefoperazona sódica) é indicado para o tratamento das infecções causadas por germes sensíveis à cefoperazona.

Cefobid (cefoperazona sódica ) pode ser indicado na profilaxia de infecções pós-operatórias em pacientes submetidos a cirurgias abdominal, ginecológica, cardiovascular e ortopédica.

Contraindicações

Quando NÃO devo usar este medicamento?

Cefobid (cefoperazona sódica) é contraindicado em pacientes com conhecida alergia à antibióticos da classe das cefalosporinas.

Posologia

Como usar Cefobid?

A posologia usual de Cefobid (cefoperazona sódica ) para adultos é de 2 à 4g/ dia administrados em doses igualmente divididas a cada 12 horas. Em infecções severas a dose pode ser aumentada até um total de 8g/ dia em doses igualmente divididas a cada 12 horas. Doses diária de 12 g divididas em doses iguais a cada 8 horas e o uso de até 16g/ dia em doses divididas têm sido reportadas sem complicações. O tratamento pode ser iniciado antes dos resultados dos teste de suscetibilidade estarem disponíveis.

Em virtude da excreção renal não ser a principal via de excreção de Cefobid (cefoperazona sódica), os pacientes com insuficiência renal não requerem ajuste posológico quando for administrada a posologia usual (2-4g/ dia). Em pacientes cuja velocidade de filtração glomerular seja inferior a 18ml/min, ou cujo nível sérico de creatinina seja superior a 3,5mg/dl, a dose máxima de Cefobid (cefoperazona sódica) deverá ser de 4g/ dia.

Instruções para administração:

As soluções de Cefobid (cefoperazona sódica) e aminoglicosídeos não devem ser misturadas diretamente uma vez que existem incompatibilidades físicas entre as drogas. Caso a terapia combinada com Cefobid (cefoperazona sódica) e aminoglicosídeo seja indicada, a mesma poderá ser realizada por infusão intravenosa sequencial intermitente, contanto que sejam utilizados equipos diferentes para cada medicamento e que entre as doses seja realizada irrigação adequada com diluente aprovado. Sugere-se também que Cefobid (cefoperazona sódica) seja administrado antes do aminoglicosídeo.

Administração intravenosa:

Cefobid (cefoperazona sódica ), pó estéril em frascos-ampola, pode ser reconstituído com qualquer solução compatível para reconstituição apropriada para administração intravenosa conforme descrito na Tabela 2, inicialmente com um volume mínimo de 2,8ml/ g de cefoperazona.

Para facilitar a reconstituição é recomendado o uso de 5ml de solução compatível / g de Cefobid (cefoperazona sódica ).

Tabela 2 - Soluções para reconstituição inicial.

Glicose 5% para injeção Glicose 5% e cloreto de sódio 0,9% para injeção Glciose 5% e cloreto de sódio 0,2% para injeção Glicose 10% para injeção Cloreto de sódio 0,9% para injeção Água estéril para injeção A quantidade total da solução resultante deverá então ser posteriormente diluída para administração usando qualquer dos seguintes veículos para infusão intravenosa:

Tabela 3 - Veículos para infusão intravenosa.

Glicose 5% para injeção Glicose 5% e Solução de Ringer Lactato para injeção Glicose 5% e cloreto de sódio 0,9% para injeção Glicose 5% e cloreto de sódio 0,2% para injeção Glicose 10% para injeção Solução de Ringer Lactato para injeção Cloreto de sódio 0,9% para injeção Para infusão intravenosa contínua, cada grama de Cefobid (cefoperazona sódica ) deverá ser dissolvido em 5ml de água estéril para injeção e a solução adicionada em diluente intravenoso apropriado.

Para injeção intravenosa direta,a dose máxima de Cefobid (cefoperazona sódica ) por administração deverá ser 2g para adultos. A droga deverá ser dissolvida em diluente apropriado para fornecer uma concentração final de 100mg/ ml e administrada durante um período não inferior a 3-5 minutos.

Administração Intramuscular:

O diluente utilizado para preparar Cefobid (cefoperazona sódica ) para injeção intramuscular deverá ser água estéril para injeção . Quando concentrações de 250mg/ ml ou mais são administradas uma solução de lidocaína deverá ser usada. Estas soluções devem ser preparadas usando uma combinação de água estéril para injeção e Solução de Cloridrato de Lidocaína 2% para injeção para obter-se uma solução de Cloridrato de Lidocaína aproximadamente 0,5%.

Recomenda-se um processo de diluição em duas etapas como se segue: primeiro adicionar a quantidade necessária de água estéril para injeção e agitar até que o pó esteja completamente dissolvido; segundo, adicionar a quantidade necessária de lidocaína 2% e misturar. As quantidades necessárias para a diluição estão descritas abaixo.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

Hipersensibilidade: como com todas as cefalosporinas foram relatadas reações de hipersensibilidade manifestada por erupções cutâneas maculopapulares, urticária, eosinofilia e febre medicamentosa. Estas reações ocorrem mais frequentemente em pacientes com história de alergias , particularmente à penicilina.

Hematológicas: pequenas reduções do número de neutrófilos foram relatadas. Do mesmo modo que com outros antibióticos beta-lactâmicos, pode ocorrer neutropenia reversível em tratamentos a longo prazo. Alguns indivíduos apresentaram teste de Coombs direto positivo durante o tratamento com antibióticos cefalosporínicos. Diminuição de hemoglobina ou hematócrito tem sido relatada, o que coincide com dados publicados em literatura sobre outras cefalosporinas.

Eosinofilia transitória ocorreu e hipoprotrombinemia tem sido relatada.

Hepáticas: foram observadas elevações transitórias nos níveis de TGO, TGP e fosfatase alcalina.

Gastrintestinais: foram relatadas alterações do trânsito intestinal (fezes fluídas ou diarréia). A maior parte destas reações foi de natureza leve ou moderada. Em todos os casos, estes sintomas responderam à terapia sintomática ou cessaram quando o tratamento foi interrompido.

Reações locais: Cefobid (cefoperazona sódica ) é bem tolerado após administração intramuscular. Ocasionalmente, dor transitória pode seguir-se à administração IM. Assim como com outras cefalosporinas, quando Cefobid (cefoperazona sódica ) é administrada através de cateter intravenoso alguns pacientes desenvolvem flebite no local da infusão.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Gerais Cefobid (cefoperazona sódica ) é excretado extensivamente na bile. A meia vida sérica de Cefobid (cefoperazona sódica ) é usualmente prolongada e a excreção urinária da droga aumenta em pacientes com doença hepática e/ou obstrução biliar. Mesmo na disfunção hepática severa, concentrações terapêuticas de cefoperazona são obtida na bile, sendo observados aumentos apenas 2 a 4 vezes na meia vida da droga.

Modificações na dose podem ser necessárias nos casos de obstrução biliar severa, doença hepática severa ou disfunção renal concomitante.

Composição

Cefobid injetável IM / IV 1,0g: cada frasco-ampola contém cefoperazona sódica equivalente a 1,0g de cefoperazona ácida anidra.

Interações Medicamentosas

Devido ao amplo espectro de ação de Cefobid (cefoperazona sódica ), a maioria das infecções podem ser tratada adequadamente com este antibiótico isolado. Mas, Cefobid (cefoperazona sódica ) pode ser usado concomitantemente com outros antibióticos quando tais combinações forem indicadas. Caso seja empregado um aminoglicosídeo, a função renal deverá ser controlada durante o curso de tratamento (vide posologia ).

Em relação às interações em testes laboratoriais, podem ocorrer reações falso-positivas para glicose na urina quando são empregadas as soluções reagentes de Benedict ou Fehling.

Laboratório

Pfizer Ltda.

Av. Monteiro Lobato, 2.270 CEP 07190-001 - Guarulhos - SP CNPJ nº 46.070.868/0001-69 Indústria Brasileira.

SAC: 0800-16-7575 www.pfizer.com.br


Antibioticos Sistemicos
Bulas
Principal