Conidrin - Bula

Conidrin



Laboratório

União Química

Referência

Conidrin SALINA cloreto de sódio Solução nasal

Apresentação de Conidrin

Solução nasal: caixa com 1 frasco spray contendo 50 mililitros e caixa com 1 frasco nebulizador contendo 30 mililitros USO ADULTO E PEDIÁTRICO COMPOSIÇÃO: Solução nasal Cada ml de Conidrin SALINA contém: cloreto de sódio: 9 mg Excipientes: cloreto de benzalcônio e água purificada.

Conidrin - Indicações

Conidrin SALINA é indicado como fluidificante e descongestionante nasal, sem vasoconstritor. Auxiliar no tratamento das rinites associadas a gripes e resfriados.

Contraindicações de Conidrin

O produto não deve ser usado por pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Advertências

Gerais: com a finalidade de diminuir o risco de transmissão de infecção, o frasco não deve ser utilizado por mais de uma pessoa. O frasco deve ser lavado com água morna e secado após cada utilização. Inaloterapia: o produto não deve ser utilizado em inaloterapia. Gravidez e lactação: não há restrições específicas para o uso em gestantes e lactantes. Pediatria: não há restrições específicas para o uso em crianças.

Uso na gravidez de Conidrin

Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe ao médico se está amamentando.

Interações medicamentosas de Conidrin

Não são conhecidos relatos de interações medicamentosas.

Reações adversas e efeitos colaterais de Conidrin

Não existem relatos de efeitos adversos com o uso deste medicamento. Informe seu médico o aparecimento de qualquer reação desagradável.

Conidrin - Posologia

Não há restrições específicas para o uso em pacientes idosos.

Superdosagem

Não são conhecidos relatos de superdosagem com o produto.

Características farmacológicas

Este medicamento é apresentado sob a forma de uma solução isotônica de cloreto de sódio, que não altera a fisiologia das células da mucosa nasal. Age fluidificando a secreção nasal, favorecendo sua eliminação sem interferir em fenômenos vasomotores da mucosa. Além disso, o cloreto de sódio, na concentração em que está presente na formulação, não interfere no movimento ciliar da mucosa nasal. Esta propriedade é muito significativa, uma vez que os cílios da mucosa nasal estão relacionados com os mecanismos de proteção das fossas nasais, eliminando secreções e impurezas que possam vir a se depositar na mucosa nasal e assim, evitar um quadro de obstrução. Conidrin SALINA pode ser usado como fluidificante das secreções nasais nos resfriados, rinites e em quaisquer outras condições relacionadas ao ressecamento da mucosa nasal, como baixa umidade do ar, ar condicionado e poluição. Por não conter substâncias vasoconstritoras em sua formulação, não há risco de reações adversas como taquicardia e tremores, assim, seu uso não sofre restrições. O cloreto de benzalcônio, por sua ação germicida, tem a finalidade de conservar asséptica a solução de cloreto de sódio.

Armazenagem

Conserve o produto na embalagem original, em temperatura ambiente (15 a 30°C). PRAZO DE VALIDADE: 24 meses a partir da data de fabricação (vide cartucho). Não use medicamentos com o prazo de validade vencido.

Conidrin - Informações

Conidrin SALINA age fluidificando a secreção da mucosa nasal favorecendo, portanto, sua eliminação.

Dizeres legais

UNIÃO QUÍMICA FARMACÊUTICA NACIONAL S/A Estrada Velha do Aeroporto, 105 - Pouso Alegre - MG CEP 37550-000 SAC 0800 11 1559 CNPJ 60.665.981/0005-41 - Indústria Brasileira EE 021970 A


Bulas
Principal