Dôrico - Sorbitol - Bula

Dôrico

Sorbitol

Analgesicos



Dôrico

Indicação

Para quê serve Dôrico?

Em adultos, para redução da febre e o alívio temporário de dores leves a moderadas, tais como: dores associadas a gripes e resfriados comuns, dor de cabeça, dor de dente, dor nas costas, dores musculares, dores associadas a artrites e dismenorréia.

Em bebês e crianças, para a redução da febre e para o alívio temporário de dores leves a moderadas, tais como: dores associadas a gripes e resfriados comuns, dor de cabeça, dor de dente, dor de garganta e reações pós-vacinais.

Via oral - Uso adulto e pediátrico

Farmacocinética

Como funciona este medicamento?

Dôrico é um produto que contém em sua fórmula o paracetamol. Esta substância age aliviando a febre e a dor, sintomas frequentes em muitas doenças.

A ação de Dôrico? sobre a dor e a febre se inicia cerca de 30 minutos após sua administração e dura de 4 a 6 horas.

Se a febre persistir por mais de 3 dias ou a dor por mais de 5 dias, ou ao surgimento de qualquer outro sinal de gravidade, procure orientação médica.

Posologia

Como usar Dôrico?

Dôrico deve ser tomado de preferência nos intervalos das refeições, pois sua administração em conjunto com alimentos pode retardar a absorção e o efeito do medicamento.

Recomenda-se evitar o uso de bebidas alcoólicas durante o tratamento com Dôrico.

Dôrico 200 mg/ml (solução oral) Crianças:

A dose pediátrica de paracetamol varia de 10 a 15 mg/kg/dose, com intervalos de 4 a 6 horas entre cada administração.

Administrar 1 gota/kg até a dosagem máxima de 35 gotas.

Não exceder mais de 5 administrações, em doses fracionadas, em um período de 24 horas.

Para crianças abaixo de 11 kg ou 2 anos, consultar o médico antes do uso.

Adultos e crianças acima de 12 anos:

As doses de paracetamol para adultos e crianças com 12 anos ou mais variam de 500 a 1000 mg/dose com intervalos de 4 a 6 horas entre cada administração.

Não exceder o total de 4 g em 24 horas.

Administrar 35 a 55 gotas, 3 a 5 vezes ao dia.

Não exceder 5 administrações, em doses fracionadas, em um período de 24 horas.

Dôrico 500 miligramas (comprimidos) Adultos:

1 ou 2 comprimidos 3 a 4 vezes ao dia ou a critério médico.

Não ultrapassar o total de 8 comprimidos, em doses fracionadas, em um período de 24 horas.

Dôrico 750 miligramas (comprimidos) Adultos :

1 comprimido 3 a 5 vezes ao dia ou a critério médico.

Não ultrapassar o total de 5 comprimidos, em doses fracionadas, em um período de 24 horas.

Adultos e crianças acima de 12 anos:

As doses de paracetamol para adultos e crianças acima de 12 anos variam de 500 a 1000 mg/dose com intervalos de 4 a 6 horas entre cada administração.

Não exceder o total de 4 g em 24 horas.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

Informe seu médico sobre o aparecimento de reações desagradáveis com o uso de Dôrico, em especial sintomas como urticária e vermelhidão na pele.

Reações mais graves são bastante raras, como lesão no fígado (principalmente em doses acima das recomendadas), alterações no sangue, reação alérgica na laringe ou nos brônquios e queda de pressão arterial.

Contraindicações

Quando NÃO devo usar este medicamento?

Pacientes reconhecidamente hipersensíveis ao paracetamol ou aos outros componentes da fórmula.

Caso você já tenha tido reação alérgica com outro medicamento contendo paracetamol, não use Dôrico antes de consultar seu médico.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

O uso prolongado de paracetamol pode aumentar o risco de lesão do fígado em indivíduos alcoólatras ou com outras doenças do fígado e dos rins.

Informe seu médico caso seja portador dessas doenças.

Não use outro produto que contenha paracetamol.

Dôrico na gravidez e lactação: informe ao seu médico a ocorrência de gravidez ou se estiver amamentando.

Dôrico pode ser utilizado durante a gravidez e lactação, mas recomenda-se administrar o medicamento por períodos curtos de tempo e sob orientação médica.

Interações Medicamentosas Dôrico deve ser tomado de preferência nos intervalos entre as refeições, pois a ingestão juntamente com alimentos pode retardar a absorção e o efeito do medicamento.

Deve-se evitar o uso de Dôrico com bebidas alcoólicas, pois pode causar danos ao fígado, assim como com outros medicamentos que contenham paracetamol.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

A ingestão de 10 g ou mais de paracetamol em uma única tomada pode provocar lesões hepáticas graves e fatais.

Os sintomas iniciais não refletem a gravidade do processo: náusea, vômitos, anorexia e dor abdominal ocorrem nas primeiras 24 horas e podem persistir por mais de 1 semana.

Alterações laboratoriais se manifestam dentro de 2 a 4 dias, com elevação dos níveis plasmáticos das transaminases e da bilirrubina, e prolongamento do tempo de protrombina.

Após 3 a 5 dias podem ocorrer icterícia, hipoglicemia, encefalopatia, cardiomiopatia, insuficiência renal, coma hepático e óbito.

As crianças são mais resistentes ao efeito hepatotóxico, e doses de até 150 mg/kg não foram associadas a sintomas de toxicidade hepática.

O tratamento da intoxicação pelo paracetamol deve ser imediato: êmese e lavagem gástrica dentro de 4 horas após a ingestão da dose tóxica e medidas de suporte do estado geral (hidratação, correção da hipoglicemia com infusão I.V. de glicose, monitoração da função cardíaca e renal, administração de vitamina K1 caso o tempo de protrombina seja superior a 1,5 vezes o valor de controle).

O uso da N-acetilcisteína como antídoto específico é importante, podendo proteger a função hepática quando efetuado até 12 horas após a intoxicação.

A acetilcisteína (I.V. ou oral) deve ser administrada precocemente, sem aguardar os resultados das determinações do nível plasmático de paracetamol ou de outros testes de laboratório.

Composição

Dôrico solução oral (gotas) Dôrico 200 mg/ml Cada ml (20 gotas) contém:

paracetamol: 200 miligramas veículo q.s.p: 1 ml Contém: álcool etílico, macrogol, povidona, corante amarelo D & C Nº 10, sacarina sódica, ciclamato sódico, metilparabeno, propilparabeno, aroma de abacaxi, água purificada.

Dôrico comprimidos 500 miligramas Cada comprimido contém:

paracetamol: 500 miligramas excipientes q.s.p………: 1 comp.

Contém: amido, sorbato de potássio, ácido esteárico, povidona, talco.

Dôrico comprimidos 750 miligramas Cada comprimido contém:

paracetamol: 750 miligramas excipientes q.s.p: 1 comp.

Contém: amido, amidoglicolato de sódio, sorbato de potássio, ácido esteárico, povidona.

Apresentação:

Dôrico 200 mg/ml - Cartucho contendo 1 frasco com 15 ml.

Dôrico 500 miligramas - Cartucho contendo 100 comprimidos.

Dôrico 750 miligramas - Cartucho contendo 10, 20 ou 200 comprimidos.

Armazenamento

Onde, como, e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

Dôrico comprimidos: Conservar em temperatura ambiente (entre 15-30°C).

Dôrico solução oral (gotas): Conservar em temperatura ambiente (entre 15-30°C) e proteger da luz.

Número do lote - Data de fabricação - Vencimento: vide cartucho.

Laboratório

Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda.

Dizeres Legais MS 1.1300.0998 Farm. Resp. Antonia A. Oliveira - CRF-SP 5.854 Sac: 0800-703-0014


Analgesicos
Bulas
Principal