Alersin - Bula

Alersin



Laboratório

Delta

Apresentação de Alersin

Caixa de 6 compr. de 10 miligramas solução frasco com 75ml

Alersin - Indicações

Alersin está indicado para o tratamento de rinite alérgica, conjuntivite alérgica, urticária e outras afecções alérgicas.

Contraindicações de Alersin

Alersin é contraindicado em pacientes com hipersensibilidade conhecida a qualquer componente da fórmula e para crianças menores de 2 anos de idade.

Advertências

O uso concomitante com substâncias depressoras do sistema nervoso central deve ser feito com cuidado (Vide Interações Medicamentosas). Estudos em voluntários sadios, com ingestão diária de 20 e 25 miligramas não revelaram efeitos sobre o estado de alerta ou o tempo de reação. Mas, os pacientes devem ser avisados para não excederem a dose recomendada quando estiverem em atividades que exigem atenção cuidadosa (condução de veículos e uso de máquinas perigosas, por exemplo). Nos pacientes com insuficiência renal a dose deve ser ajustada (Vide Posologia e Modo de Usar) Gravidez e Lactação Embora não tenham sido observados efeitos teratogênicos nos estudos em animais, Alersin não deve ser administrado durante a gravidez. A cetirizina é excretada no leite materno. Desta forma, o uso de Alersin não é recomendado durante o aleitamento materno. Uso pediátrico Não estão estabelecidas até o momento a eficácia e segurança do uso de Alersin em crianças com idade inferior a 2 anos.

Uso na gravidez de Alersin

Embora não tenham sido observados efeitos teratogênicos nos estudos em animais, Alersin não deve ser administrado durante a gravidez. A cetirizina é excretada no leite materno. Desta forma, o uso de Alersin não é recomendado durante o aleitamento materno.

Interações medicamentosas de Alersin

Embora até o momento não tenham sido relatadas interações com outras drogas, recomenda- se cautela no uso concomitante com depressores do SNC. Assim como os demais antihistamínicos, pacientes em tratamento devem evitar a ingestão excessiva de álcool.

Reações adversas e efeitos colaterais de Alersin

As reações adversas são ocasionais, de leve intensidade e transitórias, incluindo sonolência, dor de cabeça, tontura, agitação, boca seca e desconforto gastrintestinal. Em alguns pacientes podem ocorrer reações de hipersensibilidade, incluindo reações dérmicas e angioedema.

Alersin - Posologia

Alersin comprimidos: A posologia habitual para adultos e crianças com idade superior a 12 anos é de 1 comprimido ao dia, por via oral. Em pacientes com insuficiência renal a dose deve ser reduzida para meio comprimido ao dia. Alersin Solução Oral: Adultos e crianças a partir de 12 anos: 10 mililitros (10 mg) uma vez ao dia. Crianças de 6 a 12 anos: 10 mililitros (10 mg), 5 ml (5 mg) pela manhã e à noite. Crianças de 2 a 6 anos: A segurança do uso não está completamente estabelecida. Exclusivamente a critério médico, podem ser prescritos 5 ml (5 mg), 2,5 ml (2,5 mg) pela manhã e à noite.

Superdosagem

O principal sintoma de superdosagem pode ser sonolência acentuada. Neste caso, deve-se proceder a lavagem gástrica e adotar medidas sintomáticas e de suporte, com acompanhamento dos sinais vitais. Até o momento não se conhece antídoto específico para a cetirizina.

Alersin - Informações

O dicloridrato de cetirizina, substância ativa de Alersin, é uma droga anti-histamínica com alta afinidade e seletividade para os receptores histaminérgicos H1, sem apresentar efeitos anticolinérgicos e anti-serotonínicos de significância. Os estudos farmacológicos demonstraram que o dicloridrato de cetirizina é um anti-histamínico muito potente. Além do efeito antagonista sobre os receptores H1, da histamina, têm sido observados com Alersin outros dois mecanismos de ação: inibição de liberação da histamina e efeito inibitório sobre a migração dos eosinófilos. A cetirizina diminui significativamente a hiperreatividade brônquica provocada pela histamina no paciente asmático. Além disso, Alersin tem apresentado baixo potencial para produzir efeitos adversos sobre o sistema gastrintestinal e sistema nervoso central, principalmente sedação. O dicloridrato de cetirizina é rapidamente absorvido, quando administrado por via oral. A meia-vida plasmática é aproximadamente de 10 horas em adultos, 6 horas em crianças de 6 a 12 anos e 5 horas em crianças com idade de 2 a 6 anos. Estes dados são consistentes com a meia-vida de excreção urinária da cetirizina. Esta excreção urinária cumulativa representa cerca de dois terços da dose administrada tanto em adultos quanto crianças.


Bulas
Principal