Flaxin - Bula

Flaxin



Flaxin

Indicação

Para quê serve Flaxin?

Tratamento e controle da hiperplasia prostática benigna (HPB), de forma a provocar a regressão da próstata aumentada, e melhorar o fluxo urinário e os sintomas associados a HPB.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Flaxin é contraindicado para mulheres e crianças. Flaxin é também contraindicado nos casos de hipersensibilidade a qualquer componente do produto. Gravidez: mulheres grávidas ou que possam engravidar.

Posologia

Como usar Flaxin?

A posologia recomendada é de 1 comprimido de 5 miligramas diariamente, com ou sem alimentos. Embora possa ser observada melhora precoce, uma tentativa terapêutica de pelo menos 6 meses pode ser necessária para se estabelecer se uma resposta benéfica foi ou não atingida. Posologia na insuficiência renal: não é necessário ajuste posológico em pacientes com graus variados de insuficiência renal (depuração de creatinina de até 9 ml/min), pois os estudos de farmacocinética não indicaram qualquer alteração da biodisponibilidade da finasterida. Posologia em idosos: não é necessário ajuste posológico, embora estudos de farmacocinética tenham demonstrado que a eliminação da finasterida é algo diminuída em pacientes com mais de 70 anos de idade. - Superdosagem: alguns pacientes receberam doses únicas de finasterida de até 400 miligramas e doses múltiplas de até 80 mg/dia durante três meses, sem efeitos adversos. Não há recomendação de qualquer terapia específica na superdosagem de Flaxin.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

Flaxin é bem tolerado. Os efeitos adversos relacionados com a função sexual foram os mais frequentemente relatados. Em estudos os seguintes efeitos adversos foram considerados pelo pesquisador como possível, provável ou definitivamente relacionados à droga: impotência; redução da libido e redução no volume do ejaculado. Não há evidência de aumento de efeitos adversos com o aumento da duração do tratamento com a finasterida. A incidência de efeitos colaterais sexuais relacionados à droga, com o aumento do tempo de tratamento, diminuiu ao longo do tempo e em mais de 60% dos pacientes que apresentaram esses efeitos adversos, o problema foi solucionado com a continuidade da terapia. Os seguintes efeitos colaterais adicionais foram relatados após a comercialização do produto: aumento do volume e da sensibilidade das mamas; reações de hipersensibilidade, incluindo edema labial e erupções cutâneas.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Geral: uma vez que a resposta benéfica de Flaxin pode não se manifestar imediatamente, pacientes com grandes volumes residuais de urina e(ou) fluxo urinário drasticamente reduzido deverão ser cuidadosamente monitorizados para uropatia obstrutiva. Câncer da próstata: recomenda-se a realização de um toque retal bem como de outras avaliações para detecção do câncer da próstata, antes do início da terapia com Flaxin e periodicamente durante o tratamento. A concentração de PSA no soro tem sido cada vez mais utilizada para a detecção do câncer da próstata. Em geral um valor de PSA>10 ng/ml (Hybritech) indica avaliações posteriores e eventual biópsia. Para níveis de PSA entre 4 e 10 ng/ml, aconselham-se maiores avaliações. O médico deve ter consciência de que um valor basal de PSA

Composição

Cada comprimido contém 5 miligramas de finasterida,como composto ativo. Os ingredientes inativos são: lactose, amido, óxido férrico amarelo, docusato sódico, celulose e estearato de magnésio.

Apresentação

Embalagem contendo 30 comprimidos laqueados.

Laboratório

Merck Sharp & Dohme Farmacêutica Ltda.


Bulas
Principal