Glicocef - Bula

Glicocef



Laboratório

Bergamo

Referência

Ceftriaxona

Apresentação de Glicocef

250 miligramas , 500 miligramas e 1g para uso IM. 500 miligramas e 1g para uso IV

Contraindicações de Glicocef

Glicocef está contraindicado a pacientes com história de hipersensibilidade às cefalosporinas. Em pacientes hipersensíveis à penicilina deve-se levar em conta a possibilidade de reações alérgicas cruzadas. Glicocef IM contém lidocaína no seu diluente, sendo contraindicado em crianças menores de 30 meses e nos casos de hipersensibilidade à lidocaína.

Reações adversas e efeitos colaterais de Glicocef

Gastrointestinais: Fezes moles/diarréia, náuseas, vômitos, estomatite, glossite e colite pseudomembranosa (rara). Cutâneas: Exantema, dermatite alérgica, prurido, urticária, edema e eritema multiforme. Hematológicas: Eosinofilia, hemorragia ou hematoma, leucopenia, trombocitopenia, granulocitopenia e anemia hemolítica. Hipersensibilidade: Possibilidade de anafilaxia. Outros efeitos: Cefaléia, tontura, oligúria, tremores e elevações transitórias dos níveis de transaminases e de creatinina, flebite após administração intravenosa. Interferências em exames laboratoriais: Têm ocorrido testes de antiglobina positivos diretos e indiretos (teste de Coombs). Poderá ocorrer uma reação falso-positiva para a glicose na urina com as soluções de Benedict ou Fehling, assim como Clinitest, mas não com o uso de método da glicose-oxidativa.

Glicocef - Posologia

Dosagens usuais: Adultos e crianças acima de 12 anos: 1-2 g ao dia em dose única ou dividida em 2 administrações. Tratamento da gonorréia não complicada: 250 mg, via intramuscular, em dose única. Crianças e recém-nascidos: 50 mg/kg / 24 horas, em dose única ou dividida em duas administrações. Dose máxima em crianças: 1 g Administração: Via intramuscular (Glicocef IM): administrar profundamente na região glútea. Recomenda-se não injetar mais de 1 g de cada lado. Preparo da solução Glicocef 250 miligramas e 500 mg: Injetar no frasco-ampola o conteúdo de uma ampola de 2 ml do diluente e agitar até completa dissolução. Glicocef 1 g: Injetar no frasco-ampola o conteúdo de uma ampola de 3,5 ml do diluente e agitar até completa dissolução. Via intravenosa direta (Glicocef - IV): Preparo da solução Glicocef 500 miligramas - IV: Injetar no frasco-ampola o conteúdo de uma ampola de 5 ml do diluente e agitar até completa dissolução. Glicocef 1 g - IV: Injetar no frasco-ampola o conteúdo de uma ampola de 10 mililitros do diluente e agitar até completa dissolução. A administração deve ser feita lentamente. Infusão intravenosa lenta (Glicocef - IV): Infusão intravenosa é recomendada para doses acima de 2 g em adultos ou 50 mg/kg/dia em crianças. A infusão intravenosa deve ser lenta (cerca de 30 minutos) e recomenda-se soluções entre 10 e 40 mg/ml. Soluções diluentes compatíveis: Cloreto de sódio 0,9%, Glicose 2,5, 5 e 10% e dextrano 6% em glicose. A solução para infusão não deve conter cálcio. Recomenda-se evitar doses acima de 4 gramas/dia. As soluções de Glicocef são estáveis durante 6 horas à temperatura ambiente.


Bulas
Principal