GUARANÁ - Bula

GUARANÁ



GUARANÁ

GUARANÁ

-Composição:

Cada grama contém:

Guaraná em pó: 1g (teor de metilxantina, expressos em cafeína 0,05g).

-Informações ao paciente:

Como este medicamento funciona?

Guaranaça funciona estimulando o sistema nervoso central, diminuindo assim a fadiga o cansaço físico e mental.

Porque este medicamento foi indicado?

Guaranaça é indicado em caso de fadiga, cansaço físico e mental Quando não devo usar este medicamento?

Guaranaça não deve ser usado por pacientes com ansiedade, hipertiroidismo (produção excessiva de hormônios pela tireóide), arritmias (alterações do ritmo cardíaco normal), taquicardia paroxítica (número de batimentos aumentados), gastrite, colón irritável (desordem do intestino grosso) e também durante a gravidez e lactação.

Não deve ser utilizado por pessoas cardíacas, hipertensos e menores de 12 anos. Devido seu efeito estimulante à cafeína não deve ser ingerida a noite por ocasionar perda de sono.

Recomenda-se não associar a bebidas que contém metilxantinas (café, chá, refrigerantes a base de extrato de cola e mate), já que pode haver aumento dos efeitos.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Este medicamento é contraindicado na faixa etária de menores de 12 anos.

Informe ao médico ou cirurgião-dentista o aparecimento de reações indesejáveis.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Como devo usar este medicamento?

Seu uso é somente oral.

Tomar 1 a 2 colheres de café de guaraná pó, diluída em água, leite, chá ou suco, 2 a 3 vezes ao dia, sendo que a primeira dose em jejum.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar observe o aspecto do medicamento.

Quais os males que este medicamento pode causar?

Guaranaça pode causar perda de sono, nervosismo, aumento de batimentos cardíacos, palpitações e gastrite. Não são conhecidos riscos para a saúde ou efeitos colaterais com a administração correta das dosagens terapêuticas designadas.

O que fazer se alguém usar uma grande quantidade deste medicamento de uma só vez?

Caso haja superdosagem, deve-se procurar um médico para se proceder à lavagem gástrica e instituir medidas gerais de suporte das funções vitais.

Onde e como devo guardar este medicamento?

Guaranaça deve ser guardado em condições normais de armazenamento, nas variações de (15° a 30°C), devendo ser guardado em sua embalagem original mesmo depois de aberto. Seu prazo de validade é de 2 anos e encontra-se impresso na embalagem externa (vide cartucho). Guaranaça não deve ser utilizado fora do prazo de validade, sob o risco do efeito esperado não ocorrer.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Informações técnicas aos profissionais de saúde

-Características farmacológicas:

O Guaraná produz um efeito estimulante devido à presença de purinas (cafeína, teobromina, teofilina). A cafeína é estimulante central, tem um efeito inotrópico positivo, em alta concentração e um efeito cardíaco conotrópico positivo. Relaxa os músculos vasculares (com exceção os vasos cerebrais que contraem) e os brônquios e bronquíolos.

A cafeína trabalha como um diurético em curto prazo e aumenta a secreção gástrica, além disso, ela aumenta a liberação de catecolaminas. Deve-se lembrar que as quantidades de cafeína consideradas nocivas são calculadas incluindo todos os gêneros alimentícios e bebidas contendo a substância (incluindo café, chá e cola).

Segundo a classificação do CID 10 a patologia está indicada no seguinte caso: fadiga.

-Resultados de eficácia:

Nos primeiros 15 a 45 minutos após a ingestão, a cafeína começa a atuar a nível fisiológico atingindo o máximo efeito no sistema nervoso central (SNC) entre 30 e 60 minutos.

-Indicações:

Guaranaça é indicado em caso de fadiga, cansaço físico e mental.

-Contraindicações:

É contraindicado em pacientes com ansiedade, hipertiroidismo, arritmias, taquicardia paroxítica, gastrite, colón irritável e também durante a gravidez e lactação.

Não deve ser utilizado por pessoas cardíacas, hipertensos e menores de 12 anos.

Modo de usar, posologia e cuidados de conservação depois de aberto Seu uso é somente oral.

Tomar 1 a 2 colheres de café de guaraná pó, diluída em água, leite, chá ou suco, 2 a 3 vezes ao dia, sendo que a primeira dose em jejum.

Guaranaça deve ser guardado em sua embalagem original mesmo depois de aberto.

-Equivalência farmacêutica:

Guaraná em pó 60g (teor de metilxantina, expressos em cafeína 3g).

-Advertências:

Devido seu efeito estimulante à cafeína não deve ser ingerida a noite por ocasionar insônia.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Uso em idosos, crianças e outros grupos de risco A sensibilidade pode estar alterada com a idade. Recomenda-se o uso sob orientação médica. Guaranaça não deve ser usado por menores de 12 anos.

-Interações medicamentosas:

O uso excessivo d o Guaraná pode levar a hipocalcemia, aumentando a toxicidade da digixina. A ação diurética do Guaraná pode levar a hipocalcemia com o uso excessivo. Hipocalcemia pode aumentar a toxicidade da digoxina.

Recomenda-se não associar a bebidas que contém metilxantinas (café, chá, refrigerantes a base de extrato de cola e mate), já que pode haver aumento dos efeitos.

-Reações adversas:

Insônia, nervosismo, taquicardia, palpitações e gastrite. Não são conhecidos riscos para a saúde ou efeitos colaterais com a administração correta das dosagens terapêuticas designadas.

-Superdose:

Caso haja superdosagem, deve-se proceder à lavagem gástrica e instituir medidas gerais de suporte das funções vitais.

-Armazenagem:

Manter Guaranaça em sua embalagem original. O produto deve ser conservado em temperatura ambiente (15º a 30ºC), proteger da luz e umidade


Bulas
Principal