Amlocor - Bula

Amlocor



Laboratório

Torrent

Referência

Anlodipino

Apresentação de Amlocor

emb. com 30 comprimidos de 2,5 mg; embalagem com 30 comprimidos de 5 mg; embalagem com 30 comprimidos de 10 miligramas

Contraindicações de Amlocor

Amlocor é contraindicado em pacientes com conhecida hipersensibilidade às dihidropiridinas, Amlodipino, ou a qualquer componente da fórmula.

Reações adversas e efeitos colaterais de Amlocor

Amlocor é bem tolerado. Em estudos clínicos placebo-controlados envolvendo pacientes com hipertensão ou angina, os efeitos colaterais mais comumente observados foram dor de cabeça, edema, fadiga, sonolência, náusea, dor abdominal, rubor, palpitações e tontura. Nestes estudos clínicos não foram observados quaisquer tipos de anormalidades clinicamente significantes nos testes laboratoriais relacionados à Amlodipino. Os efeitos menos comumente observados com a difusão do uso no mercado incluem: prurido, rash, dispnéia, astenia, cãibras musculares, dispepsia, hiperplasia gengival e raramente eritema multiforme. Assim como com outros bloqueadores do canal de cálcio, os seguintes eventos adversos foram raramente relatados e não podem ser distinguidos da história natural da doença de base: infarto do miocárdio, arritmia (incluindo taquicardia ventricular e fibrilação arterial) e dor torácica. Foram raramente relatados casos de icterícia e elevações da enzima hepática (a maioria compatível com colestases). Alguns casos graves requerendo hospitalização foram relatados em associação ao uso da Amlodipino. Em muitos casos, a relação de causalidade é incerta.

Amlocor - Posologia

No tratamento da hipertensão e da angina a dose inicial usual é de Amlocor 5 miligramas uma vez ao dia, podendo ser aumentado para uma dose máxima de 10 mg, dependendo da resposta individual do paciente. Não é necessário ajuste de dose de Amlocor na administração concomitante com diuréticos tiazídicos, beta-bloqueadores e inibidores da enzima conversora da angiotensina. Uso em Idosos: Amlocor usado em doses semelhantes em idosos e jovens é igualmente bem tolerado. Desta maneira são recomendados os regimes posológicos habituais. Uso em Crianças: A eficácia e segurança de Amlocor em crianças não foram estabelecidas. Uso em Pacientes com Insuficiência Hepática: Vide item Advertências e Precauções-. Uso em Pacientes com Insuficiência Renal: Amlocor pode ser empregado em tais pacientes nas doses habituais. Alterações nas concentrações plasmáticas da Amlodipino não estão relacionadas com o grau de insuficiência renal. A Amlodipino não é dialisável.


Bulas
Principal