IRUXOL Pomada - Bula

IRUXOL Pomada



IRUXOL Pomada

IRUXOL Colagenase - Clorafenicol Pomada - Bisnaga com 15, 30 e 50 g USO ADULTO E PEDIÁTRICO

Composição:

Cada g de pomada contém: Colagenase: 0,6 UI Clorafenicol: 0,01 g INFORMAÇÃO AO PACIENTE Conservar o produto em lugar fresco, ao abrigo da umidade. O prazo de validade do produto é de 36 meses, a contar da data de sua fabricação.

NÃO USE MEDICAMENTOS COM PRAZO DE VALIDADE VENCIDO O produto deve ser usado de acordo com a orientação dada pelo médico e somente ele poderá recomendar sua interrupção.

Deve-se fazer rigorosa higiene pessoal durante a utilização do produto.

No caso de surgirem reações desagradáveis, tais como: ardência, dor, irritação e rubor, o médico deve ser imediatamente comunicado.

NÃO USE REMÉDIOS SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.

INFORMAÇÃO TÉCNICA Iruxol contém uma associação de Colagenase com Cloranfenicol e é utilizado como agente desbrindante em lesões superficiais, promovendo a limpeza enzimática das áreas lesadas, retirando ou dissolvendo, enzimaticamente, necroses e crostas.

Colagenase: é uma preparação enzimática obtida a partir de filtrados de culturas de Clostridium histolyticum, que contém a clostridiopeptidase A como componente principal e outras peptidases formadas durante o processo de preparação. A colagenase tem a propriedade de decompor o colágeno em seu estado nativo. Nas regiões helicoidais, e degrada o substrato N-carbobenzoxiglicil-L-propil-glicil-glicil-L-propril-L-alanina.

Cloranfenicol: antibiótico de amplo espectro, quimicamente o D(-)treo-2-dicloroacetamida-1-nitrofenil-1,3-propanodiol, é utilizado na formulação para conter infecções bacterianas locais que, secundariamente, podem estar presentes, sendo eficaz tanto contra bactérias Gram-positivas como Gran-negativas.

Indicações:

Limpeza de lesões, independentemente de sua origem e localizações: em ulcerações e necroses (úlcera varicosa, úlcera por decúbito, gangrenas das extremidades, especialmente gangrena diabética, congelamentos); em lesões de difícil cura (lesões pós-operatórias, por irradição e por acidentes); antes de transplantes cutâneos.

Contra-Indicações:

Hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Precauções:

Afim de se evitar a possibilidade de reinfecção, deve-se observar rigorosa higiene pessoal durante a utilização do produto.

O uso prolongado de antibióticos pode ocasionalmente, resultar no desenvolvimento de microorganismos não susceptíveis, inclusive fungos. Caso isso ocorra, deve-se descontinuar o tratamento e tomar as medidas adequadas.

Interações Medicamentosas:

O emprego adicional de outros preparados de aplicação tópica pode diminuir a eficácia tercácia terapêutica de Iruxol.

Reações Adversas:

Ardências, dor, irritação, eczema, rubor e reações de hipersensibilidadeao Clorafenicol são passíveis de correr com uso do produto. Discrasias sanguíneas, incluindo anemia, podem ocorrer com o uso de Cloranfenicol tópico, sendo porém muito raras.

Posologia:

A finalidade do uso de Iruxol é de limpeza enzimática de lesões superficiais. Para obter sucesso no tratamento, deve ser observado o seguinte:

1.Iruxol deve ter um contato bom e uniforme com toda a área lesada; por isso deve ser aplicada uniformemente, com espessura de cerca de 2mm. O efeito nas necroses crostosas é melhorado, abrindo-se um corte no centro e em alguns casos nas margens, seguido de aplicação da pomada, tanto por baixo da crosta como por cima. Não se deve procurar secar a lesão, pois a presença de umidade aumenta a atividade enzimática. Material necrótico completamente seco ou duro deve ser amolecido, primeiramente por meio de compressas úmidas. Após a aplicação da pomada, cobrir a lesão com gaze e umidecê-la com água destilada ou soro fisiológico.

2.Não utilizar quaisquer detergente, sabão ou solução anti-séptica (álcool iodado, mercúrio cromo, etc.) já que estes produtos inativam a ação de Iruxol.

3.O curativo de Iruxol deve ser mudado diariamente. É possível aumentar o efeito enzimático, aplicando a pomada duas vezes ao dia.

4.Deve ser removido, com cada troca de curativo, todo material necrótico desprendido; isto se faz através de pinça, espátula ou por lavagem, tendo o cuidado de não utilizar detergente ou sabão.

Superdosagem:

Em caso de superdosagem, o médico deve ser imediatamente comunicado, de modo a instituir terapêutica adequada

Laboratório

Knoll Prods. Químs. e Farms. Ltda.

Estrada dos Bandeirantes, 2400 Rio de Janeiro/RJ - CEP: 22710-104 Tel: 55 (021) 348-2581 Fax: 55 (021) 342-2963 Email: knoll@montreal.com.br Site: http://www.knoll.de/

Ver outros medicamentos deste laboratório Pesquisar o preço deste medicamento.

Aviso legal


Bulas
Principal