Maxiflox - Bula

Maxiflox



Laboratório

Latinofarma

Apresentação de Maxiflox

Solução oft. estéril - frasco plast conta-gotas com 5 ml Pom. oft. estéril - bisn. com bico oftálmico com 3,5 g

Maxiflox - Indicações

Infecções oculares causadas por microorganismos suscetíveis. Úlceras de córnea por Pseudomonas aeruginosa, Serratia marcescens, Staphylococcus aureus, Staphylococcus epidermidis, Streptococcus pneumoniae, Streptococcus (grupo Viridans). Conjuntivites por Staphylococcus aureus, Staphylococcus epidermidis e Streptococcus pneumoniae.

Contraindicações de Maxiflox

Hipersensibilidade aos componentes da fórmula, ou a outros derivados quinolônicos.

Reações adversas e efeitos colaterais de Maxiflox

Mais comum: ardência local. Podem ocorrer formação de crostas na margem da pálpebra, sensação de corpo estranho, prurido, hiperemia conjuntival e mau gosto na boca após instilação.

Maxiflox - Posologia

Colírio Úlcera de córnea Ao iniciar o tratamento: 2 gotas a cada 15 minutos durante as primeiras 6 horas. No restante do dia, instilar 2 gotas a cada 30 minutos. No segundo dia: 2 gotas a cada 30 minutos. Do terceiro ao décimo quarto dia: 2 gotas a cada 4 horas. O tratamento poderá continuar por mais de 14 dias, se não tiver ocorrido reepitelização da córnea. Conjuntivite bacteriana Instilar 1 ou 2 gotas a cada 2 horas durante os 2 primeiros dias de tratamento. Instilar então, 1 ou 2 gotas a cada 4 horas, durante os 5 dias subsequentes. Pomada oftálmica Aplicar cerca de 1,5 cm da pomada no saco conjuntival inferior, 3 a 4 vezes por dia, ou a critério médico. Para maior comodidade, o colírio poderá ser utilizado durante o dia e a pomada à noite, ao deitar-se.

Maxiflox - Informações

O ciprofloxacino é uma fluorquinolona antibacteriana de efeito rápido, que não apresenta resistência cruzada com as penicilinas, cefalosporinas, tetraciclinas e aminoglicosídeos. Atua por inibição do DNA-girase bacteriano, interferindo na replicação do DNA.


Bulas
Principal