MONOLIN-INSULINA SUÍNA MONOCOMPONENTE - Bula

MONOLIN-INSULINA SUÍNA MONOCOMPONENTE



MONOLIN-INSULINA SUÍNA MONOCOMPONENTE

Composição

cada ml de Monolin contém: cristais de insulinasuína monocomponente (grau de pureza: < 1 ppm) 100 U; veículo q.s.p. 1,0 mililitro

Posologia e Administração

as doses de Monolin são medidas em unidades e cada paciente requer uma dose individual, sendo importante usar seringa adequada e graduada em unidades. Para evitar aplicação de doses incorretas deve-se seguir cuidadosamente o regime posológico indicado pelo médico responsável. Monolin N geralmente está indicada antes do dejejum, quando o paciente for tratado com apenas uma dose diária de insulina. Doses suplementares nos horários de outras refeições ficam a critério médico. A via indicada de administração de Monolin N é a subcutânea, sendo terminantemente contraindicada sua aplicação por via endovenosa. Monolin R tem sua principal indicação nas urgências hiperglicêmicas ou como complementação às insulinas de depósito. Apenas em casos excepcionais é usada para tratamento de manutenção. Neste caso a posologia fica a critério médico. Monolin R pode ser administrada pelas vias subcutânea, endovenosa ou intramuscular.

Reações adversas

a hipoglicemia ou reação insulínica é a mais frequente reação encontrada e pode ser causada por: injeção de dose de insulina maior do que a necessária; atraso ou omissão de uma refeição; excessivo esforço físico logo antes de uma refeição; alguma doença acompanhada de diarréia ou vômitos; redução das necessidades de insulina do paciente. Os principais sintomas de hipoglicemia que podem ocorrer com o uso de insulinas são: sudorese excessiva, fraqueza, perturbações visuais, tremores, cefaléia, náuseas, podendo, às vezes, evoluir para coma hipoglicêmico. A simples ingestão de balas ou alimentos adoçados geralmente controla a hipoglicemia, impedindo que ela se agrave. No caso de não haver melhora, o fato deve ser comunicado ao médico com urgência. A alergia insulínica ocorre raramente, podendo se apresentar como erupção cutânea, prurido, dispnéia, palpitações, sudorese intensa e hipotensão arterial. Reações locais ocorrem principalmente devido à técnica inadequada de aplicação ou hipersensibilidade cutânea ao produto de desinfecção. Se isto ocorrer, deve-se procurar imediatamente um médico. As insulinas Altamente Purificadas ou Monocomponentes normalmente não condicionam o aparecimento de lipodistrofia nos locais de aplicação da medicação. Mutagênese e teratogênese das insulinas: não foram observados efeitos mutagênicos e não há contraindicação para o uso de insulina durante o período de gestação e amamentação. - Instruções para armazenamento e transporte de insulinas: a insulina é um produto de boa estabilidade, que preserva sua ação biológica por 2 anos, no mínimo, desde que adequadamente conservada. Seu armazenamento deve ser em geladeira (2 a 8ºC), mas nunca em congelador ou freezer. A insulina congelada é posteriormente descongelada não tem atividade biológica previsível, devendo-se evitar sua aplicação. O frasco em uso pode ser mantido fora da geladeira, em local fresco e dentro do cartucho. Este procedimento torna mais confortável a aplicação de insulina. O paciente deve sempre verificar a aparência do frasco antes de usar. Se notar qualquer alteração nas características do seu conteúdo, deverá interromper o uso deste frasco e consultar seu médico. A insulina pode ser transportada à temperatura ambiente, devendo ser protegida de temperaturas extremas e da luz. Chegando a seu destino, deve retornar à geladeira.

Indicações

tratamento do diabetes mellitus insulinodependente e no diabetes mellitus associado à insuficiência renal, podendo ainda ser indicada em casos de diabetes gestacional. Monolin R é indicada no tratamento de cetoacidose diabética, coma hiperosmolar e suplemento às insulinas de depósito no tratamento de manutenção.

Apresentação

Monolin R (regular): frasco-ampola com 10 mililitros na concentração de 100 U/ml. Monolin N (NPH): frasco-ampola com 10 mililitros na concentração de 100 U/ml.

Laboratório

Biobrás S.A.

Pça. Carlos Chagas, 49 - 3º andar Belo Horizonte/MG - CEP: 30170-020 Tel: 55 (031) 291-9877 Fax: 55 (031) 291-9212 Site: http://www.biobras.com/

Ver outros medicamentos deste laboratório Pesquisar o preço deste medicamento.

Aviso legal


Bulas
Principal