MST CONTINUS - Bula

MST CONTINUS



MST CONTINUS

Sulfato de Morfina Comprimidos Apresentação: Embalagem com 24 comprimidos.

- INFORMAÇÕES AO PACIENTE MST CONTINUS deve ser mantido em local fresco (temperatura inferior à 25ºC) seco e ao abrigo da luz, em sua embalagem original, para uma boa conservação.

Ao adquirir um medicamento, confira sempre o prazo de validade na embalagem externa do produto.

Não tome nem utilize medicamentos cujo prazo de validade esteja vencido, pois as substâncias podem estar alteradas e causar prejuízo à sua saúde.

Ao iniciar o tratamento com MST CONTINUS, informe seu médico sobre as seguintes situações:

O seu histórico médico, ou seja, doenças que tem ou teve e tratamentos que segue (remédios que toma. dietas, etc.).

Ocorrência de gravidez, antes do início ou durante o tratamento pois a utilização do produto não é recomendada nos primeiros meses de gravidez.

Alergias que sofre, especialmente relativas ao emprego de medicamentos.

Os horários de administração do medicamento, bem como a dose a ser utilizada devem ser rigorosamente seguidos Caso ocorra alguma emergência, informe o médico que Ihe atender o seu histórico clinico e os tratamentos que segue. inclusive tratamento com MST CONTINUS.

MST CONTINUS deve ser deglutido inteiro com um pouco de água, sem mastigar. Informe o seu médico caso ocorra reações desagradáveis com o uso do produto.

TODO O MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. PODE SER PERlGOSO PARA SUA SAÜDE.

- INFORMAÇÕES TÉCNICAS MST CONTINUS foi desenvolvido especificamente para o tratamento da dor severa. O tratamento com comprimidos de MST CONTINUS em intervalos de 12 horas garante o alívio da dor. A simplicidade de administração torna MST CONTINUS' adequado para o tratamento da dor em ambiente hospitalar ou na residência do paciente. O sulfato de morfina é prontamente absorvido peIo trato gastrointestinal após administração oral. O sistema patenteado de liberação controlada mantém os níveis plasmáticos de morfina por um período superior a 12 horas e reduz os efeitos secundários próprios da morfina.

- INDICAÇÕES MST CONTINUS comprimidos é indicado para o alivio prolongado da dor severa.

- CONTRAINDICAÇÕES MST CONTINUS é contraindicado à pacientes portadores de depressão respiratória, íleo paralítico, esvaziamento gástrico retardado, obstrução das vias aéreas. hipersensibilidade conhecida à morfina doença hepática aguda. Administração concominante de inibidores da monoaminoxidase (veja também Interações Medicamentosas e incompatibilidade).

MST CONTINUS não é recomendado para o uso pediátrico e durante a gravidez.

A administração pré-operatória de MST CONTINUS não é recomendada.

- PRECAUÇÕES A semelhança de outros produtos narcóticos, pode ser necessária redução adequada da dose em idosos, em portadores de hipotireoidismo ou de doença crônica hepática ou renal. -

- REAÇÕES ADVERSAS MST CONTINUS não pode ser utilizado em casos onde exista a possibilidade de ocorrência de íleo paralítico, devendo-se descontinuar imediatamente a terapêutica sob suspeita ou ocorrência desta patologia. Como com todos os preparados morfínicos, pacientes com indicação de cordotomia ou outros procedimentos cirúrgicos para alívio da dor, não devem receber MST CONTINUS 24 horas antes da cirurgia. Se o tratamento posterior com MST CONTINUS estiver indicado, a dosagem deverá ser ajustada às novas necessidades pós operatórias Podem ocorrer tolerância e dependência. Caso a náusea e vômito sejam problemáticos, MST CONTINUS comprimidos pode ser combinado com antieméticos tipo fenotiazínicos. Como com todos os preparados morfínicos, pode ocorrer constipação, que deverá ser tratada com laxativos apropriados.

- INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS MST CONTINUS não pode ser administrado concomitantemente ou antes de duas semanas de descontinuação da terapia com inibidores da monoaminoxidase. A mofina potencia os efeitos de tranquilizantes, anestésicos, hipnóticos ou sedativos.

TRANSFERENCIA: Não é possível garantir a bioequivalência entre produtos morfínicos de liberação controlada diferentes. Deve se enfatizar que os pacientes uma vez titulados para uma dose eletiva, não devem trocar o MST CONTINUS por outros preparados morfínicos de liberação lenta, prolongada ou controlada sem uma nova titulação e avaliação clínica.

posologia

MST CONTINUS deverá ser deglutido inteiro, sem mastigar. MST CONTlNUS comprimidos deverá ser utilizado em 2 administrações em intervalos de 12 horas. A dose depende da intensidade da dor, idade do paciente e história prévia da necessidade de analgésicos.

O paciente com dor severa deve normalmente iniciar a terapia com 1 ou 2 comprimidos de MST CONTINUS 10mg, 2 vezes ao dia.

A persistência ou aumento de intensidade da dor requer aumento da dose de MST CONTINUS comprimidos utilizando-se os comprimidos de 10 miligramas 30 miligramas 50 miligramas e 100mg, isoladamente ou combinados, para alcançar o alívio desejado da dor.

A adequação da dose deverá ser feita em aumentos de 25% a 50%. Querendo-se trocar a medicação de pacientes previamente mantidos com preparados morfínicos de liberação imediata para MST CONTINUS, administrar a mesma dose prévia total de morfina nas 24 horas, divididas em duas administrações de MST CONTINUS (manhã e noite).

Ao se trocar a administração de morfina parenteral para MST CONTINUS comprimidos atentar para um aumento significativo da dosagem de modo a compensar a redução do eleito analgésico associada com a administração oral.

Usualmente, deve-se aumentar a dose de 50% a 100%.

Nestes pacientes, é necessário um ajuste individual da dose.

ALGIAS PÓS-OPERATÓRIAS

O MST CONTINUS não está recomendado nas primeiras 24 horas pós operatórias. Após este período, sugere-se o seguinte esquema, segundo prescrição médica Pacientes com peso inferior à 70 kg: 20 miligramas de MST CONTINUS a cada 12 horas.

Pacientes com peso superior à 70kg: 30 miligramas de MST CONTINUS a cada 12 horas.

Se necessário, poder-se-á administrar uma suplementação de morfina parenteral respeitando-se a dose total de morfina e o efeito prolongado da formulação de MST CONTINUS.

Da mesma forma que com outros preparados morfínicos a administração de MST CONTINUS no pós operatório deverá ser feita com cautela, particularmente em casos de "abdômen agudo" e após cirurgia abdominal

- CONDUTA NA SUPERDOSAGEM Sinais tóxicos e de superdosagem da morfina: Consistem em miose, depressão respiratória e hipotensão. Em casos mais severos, insuficiência circulatória e coma profundo. Tratamento: Administrar 0,4mg de naloxane, via intravenosa. Se necessário, repetir em intervalos de 2-3 minutes, ou em infusão de 2mg em 500ml de salina normal ou em 5% dextrose (0,004mg/ml) A determinação da velocidade de infusão deverá levar em consideração a dose de naloxane prévia administrada e a resposta do paciente. Promover esvaziamento gástrico. Pode-se utilizar uma solução aquosa de Permanganato de Potássio a 0,02% para lavagem Se necessário, promover assistência respiratória. Controlar e manter os níveis de fluido e eletrólitos.

No caso de superdosagem com MST CONTINUS, o médico deverá considerar que os comprimidos remanescentes no intestino continuarão a liberar sulfato de morfina por um período de horas.

- COMPOSIÇÃO Composição MST CONTINUS Cada drágea contém: 10 miligramas 30 miligramas 60 miligramas 100 miligramas Sulfato de morfina de liberação controlada 10 miligramas 30 miligramas 60 miligramas 100 miligramas Excipiente de liberação controlada 1 comp. 1 comp.

1 comp. 1 comp

Laboratório

Asta Médica Ltda.

Rua Santo Antônio, 184 - 19º And São Paulo/SP - CEP: 01314-900 Tel: 55 (011) 233-6800 Fax: 55 (011) 606-4549 Site: http://www.astamedica.com.br/

Ver outros medicamentos deste laboratório Pesquisar o preço deste medicamento.

Aviso legal


Bulas
Principal