Andriodemol - Bula

Andriodemol



Andriodemol

Indicação

Para quê serve Andriodemol?

Solução tópica: infecções micóticas superficiais da pele e unha. Pó: infecções micóticas superficiais da pele.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Hipersensibilidade conhecida a qualquer um de seus componentes.

Posologia

Como usar Andriodemol?

Exclusivamente para uso tópico. Aplicar uma quantidade suficiente de Andriodermol para cobrir a área afetada, 2 vezes ao dia. Em caso de ingestão acidental proceder, imediatamente, à lavagem gástrica e instituir medidas assistenciais necessárias. Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure orientação médica.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

Pode ocorrer irritação da pele no local da aplicação.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Evitar o contato com os olhos e mucosas. Interromper o uso se ocorrer sensibilização ou irritação da pele.

Composição

Líquido: cada ml contém: ácido undecilênico 40mg; undecilenato de sódio 150 mg; ácido propiônico 30 mg; propionato de sódio 50 mg; hexilresorcinol 0,5 mg; veículo: álcool, essência de citronela, essência de lavanda, nonoxinol 9-10, água deionizada. Pó: cada grama contém: ácido undecilênico 2 mg; undecilenato de zinco 150 mg; propionato de cálcio 60 mg; hexilresorcinol 0,5 mg; excipientes: dióxido de silício coloidal, essência de citronela, essência de lavanda, talco.

Apresentação

Pó: embalagens com 50 gramas. Líquido: frascos com 50 mililitros

Laboratório

Searle Monsanto do Brasil Ltda.


Bulas
Principal