Muphoran - Bula

Muphoran



Laboratório

Servier

Apresentação de Muphoran

Caixa com um frasco de pó e uma ampola de solvente (200mg/4ml)

Muphoran - Indicações

Melanoma maligno disseminado (inclusive nas localizações cerebrais). Tumores cerebrais malignos primitivos.

Contraindicações de Muphoran

Gravidez; amamentação.

Reações adversas e efeitos colaterais de Muphoran

As principais reações adversas são de ordem hematológica. Esta toxicidade é retardada e caracterizada por uma trombopenia (40,3%) e por uma leucopenia (46,3%) em que os níveis mínimos surgem respectivamente 4 a 5 semanas e 5 a 6 semanas após a primeira administração durante o tratamento inicial. A hematotoxicidade pode ser aumentada em caso de quimioterapia anterior e/ou de associação a medicamentos suscetíveis de induzir uma toxicidade hematopoética. São igualmente observados: náuseas e vômitos moderados, nas 2 horas que se seguem à administração (46,7%); elevações moderadas, transitórias e reversíveis das transaminases, das fosfatases alcalinas e da bilirrubina (29,5%); mais raramente foram observados: febre (3,3%), flebite no ponto de injeção (2,9%), diarréias (2,6%), dores abdominais (1,3%), elevação transitória da uréia (0,8%), prurido (0,7%), perturbações neurológicas transitórias e sem sequelas (perturbações da consciência, parestesias, agnesias) (0,7%).

Muphoran - Posologia

Preparar a solução extemporaneamente. Dissolver o conteúdo do frasco de fotemustina com a ampola de 4 ml da solução alcoólica estéril e depois de calcular a dose a injetar, diluir a solução em soluto glicosado isotônico a 5% para a administração em perfusão intravenosa. A solução assim preparada deve ser utilizada ao abrigo da luz: por via intravenosa em perfusão com uma duração de uma hora. Em monoquimioterapia, o tratamento compreende: Um tratamento inicial: 3 administrações consecutivas com uma semana de intervalo, seguida de um repouso terapêutico de 4 a 5 semanas. Um tratamento periódico: Uma administração de 3 em 3 semanas. A posologia habitual é de 100 mg/m2. Em poliquimioterapia, a 3a administração do tratamento é suprimida. A dose permanece de 100 mg/m2.

Muphoran - Informações

A fotemustina é um agente anticancerígeno citostático da família das nitrosouréias, de efeito quelante e carbamilante, com amplo espectro de atividade antitumoral experimental. A respectiva fórmula química comporta um bioisóstero da alanina (ácido amino-1 etilfosfônico) que facilita a penetração celular e a transposição da barreira hematoencefálica. Farmacocinética: No homem após a perfusão intravenosa, a cinética de eliminação plasmática é mono ou biexponencial com uma meia-vida terminal curta. A metabolização da molécula é praticamente total. A fixação às proteínas plasmáticas é fraca (25% a 30%). A fotemustina ultrapassa a barreira hematoencefálica.


Bulas
Principal