Natrilix sr - Bula

Natrilix sr



Laboratório

Servier

Apresentação de Natrilix sr

Caixa com 15 e 30 comprimidos revestidos de liberação sustentada com 1,5 miligramas de indapamida.

Natrilix sr - Indicações

Hipertensão arterial essencial.

Contraindicações de Natrilix sr

Acidentes vasculares cerebrais recentes. Insuficiências hepática e renal graves. Associação com vincamina ou sais de lítio.

Reações adversas e efeitos colaterais de Natrilix sr

São raras e de pouca gravidade. Foram assinaladas astenia, hipotensão ortostática. A uricemia pode se elevar ligeiramente, mas não provocou acesso gotoso nos pacientes até então incólumes. As hipocalemias foram assinaladas nos pacientes particularmente expostos a esse tipo de acidente.

Natrilix sr - Posologia

Via oral. Um comprimido ao dia, de preferência pela manhã.

Natrilix sr - Informações

Atividade anti-hipertensiva. Derivado sulfonamídico não-tiazídico com núcleo indólico, pertencente à família dos diuréticos, Natrilix sr exerce no homem, na dose de 1,5 miligramas em liberação prolongada, uma atividade anti-hipertensiva prolongada. Nesta dose anti-hipertensiva, o efeito farmacológico diurético do produto não é habitualmente de tradução clínica. Nesta mesma dose, Natrilix sr produz uma diminuição da hiper-reatividade da parede arterial para a noradrenalina, e diminui as resistências periféricas totais e as resistências arteriolares. A ação periférica, sem qualquer ação central, contribui para a sua boa tolerância. A implicação de um mecanismo de ação extra-renal no desencadeamento do efeito anti-hipertensivo é demonstrada pela sua eficácia anti-hipertensiva no hipertenso sem função renal. Os estudos eletrofisiológicos demonstram que Natrilix sr diminui in vitro, na concentração de 10 mcg/ml, a contratilidade vascular, modificando as mudanças iônicas transmembranares, essencialmente cálcicas. Foi também demonstrado que Natrilix sr parece induzir um estímulo da síntese da prostaglandina PgE2, vasodilatadora e hipotensora. Por outro lado, foi demonstrado, a curto, médio e longo prazos, no hipertenso, que Natrilix sr não altera o metabolismo lipídico: triglicérides, LDL-colesterol e HDL-colesterol; não altera a tolerância à glicose, inclusive no hipertenso diabético. Foi também demonstrado que Natrilix sr regride a hipertrofia ventricular esquerda. Farmacocinética: Natrilix sr é apresentado sob uma forma galênica de liberação sustentada, em função de um sistema matricial com dispersão do princípio ativo no meio de um suporte que permite uma liberação prolongada da indapamida.


Bulas
Principal