Nutrical D - Carbonato de Cálcio de Concha de Ostras - Bula

Nutrical D

Carbonato de Cálcio de Concha de Ostras

Hipo-calcemia



Nutrical D

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Hipersensibilidade aos componentes do produto.

É contraindicado em casos de hipercalcemia, insuficiência renal grave, sarcoidose e hipercalciúria grave.

Posologia

Como usar Nutrical D?

A dose recomendada de Nutrical D é de 1 a 3 comprimidos ao dia.

Recomenda-se tomar os comprimidos durante as refeições, ou conforme recomendado pelo médico.

Forma Farmacêutica e Apresentação Frasco com 60 comprimidos revestidos contendo 500 miligramas de cálcio (como carbonato) e 2mg de vitamina D3.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

Em casos raros, podem ocorrer distúrbios gastrintestinais leves.

O uso prolongado de cálcio em idosos pode provocar constipação intestinal.

A ingestão excessiva de vitamina D causa desenvolvimento de hipercalcemia e seus efeitos associados incluindo hipercalciúria, calcificação ectópica e dano cardiovascular e renal. É conhecido que a suplementação da dieta com vitamina D pode ser prejudicial para pessoas que já recebem ingestão adequada por meio da própria dieta alimentar e da exposição à luz solar, visto que a diferença entre as concentrações terapêutica e tóxica é relativamente pequena.

Composição

Cada comprimido contém Carbonato de cálcio de concha de ostras *: 1250 miligramas

Vitamina D3: 2 mg.

Excipientes: estearato de magnésio, talco farmacêutico, amidoglicolato de sódio, polivinilpirrolidona K38/32, polissorbato 20, metilparabeno, propilparabeno, amido de milho, opadry Y-1-18128 A**, álcool etílico, água purificada.

*Equivalente a 500 miligramas de cálcio elementar.

**Composto por: hipromelose, dióxido de titânio, triacetina.

Introdução

Nutrical d Carbonato de cálcio 500 miligramas Vitamina d 2mg

Gravidez e Lactação

Gestantes, nutrizes e crianças até 3 anos, somente devem consumir este produto sob orientação de nutricionista ou médico.

Indicações do Medicamento

Complemento das necessidades orgânicas de cálcio, em estados deficientes e para o tratamento da hipo-calcemia e para prevenção e tratamento da osteoporose.

Advertências e Precauções de Uso

Na hipercalciúria, bem como na insuficiência renal crônica, ou quando há propensão à formação de cálculos renais, deve-se realizar monitorização da excreção urinária de cálcio e, se necessário, a dose deve ser reduzida ou o tratamento interrompido.

Em pacientes com acloridrias ou hipocloridria, a absorção de cálcio pode estar reduzida, a menos que este seja administrado durante as refeições.

A vitamina D não deve ser administrada em pacientes com hipercalcemia e deve ser administrada com cautela em crianças (devido à maior sensibilidade aos seus efeitos), em pacientes com insuficiência renal ou cálculos, ou em pacientes com doença cardíaca, que apresentarem maior risco de dano ao órgão caso ocorra hipercalcemia. As concentrações plasmáticas de fosfato devem ser controladas durante o tratamento com vitamina D, visando a reduzir o risco de calcificação ectópica.

Recomenda-se monitorização regular da concentração de cálcio em pacientes recebendo doses farmacológicas da vitamina D, especialmente no início do tratamento e caso surjam sintomas sugestivos de toxicidade.

Laboratório

Farmoquímica S.A.

Rua General Polidoro, 105 Rio de Janeiro/RJ - CEP: 22280-001 Tel: 55 (021 )275-3548 Fax: 55 (021) 542-6747 Site: http://www.farmoquimica.com.br/


Hipo-calcemia
Bulas
Principal