Pantopaz - Pantoprazol - Bula

Pantopaz

Pantoprazol



Pantopaz

Indicação

Para quê serve Pantopaz?

PANTOPAZ 20 mg: redução da acidez estomacal e alivio dos sintomas, remissão dos sintomas das gastrites ou gastroduodenites agudas ou crônicas e da dispepsia não ulcerosa, tratamento da doença do refluxo gastroesofágico sem esofagite, das esofagites de refluxo leves prevenindo as recidivas, prevenção das lesões gastroduodenais induzidas por medicamento. PANTOPAZ 40 mg: tratamento da úlcera duodenal, úlcera gástrica, esofagite de refluxo, e erradicação do Helicobacter pylori.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula, gravidez, lactação e crianças. PANTOPAZ 40 miligramas não deve ser administrado, em terapia combinada para erradicação do Helicobacter pylori, a pacientes com disfunção hepática ou renal moderada a grave.

Posologia

Como usar Pantopaz?

Pantopaz 20 mg: recomenda-se 20 mg/dia. na insuficiência renal não se devem ultrapassar 40 mg/dia. em caso de severa redução hepática não se devem ultrapassar 20 mg/dia. na esofagite de refluxo leve, tratamento de 4-8 semanas é, em geral, suficiente. pantopaz 40 mg: para cicatrização da Úlcera péptica gastroduodenal e da esofagite de refluxo recomenda-se 40 mg/dia. úlceras duodenais normalmente cicatrizam em 2 semanas. para úlcera gástrica e esofágica de refluxo tratamento de 4 semanas é, geralmente, adequado. nos casos de úlcera gástrica ou duodenal associadas à infecção por Helicobacter pylori, a erradicação da infecção é obtida através da terapia combinada com dois antibióticos, Única condição em que se recomenda o uso de pantopaz em jejum. qualquer uma das seguintes combinações é recomendada: a) 40 miligramas 2 vezes ao dia + 1000 miligramas de amoxicilina 2 vezes ao dia + 500 miligramas De claritromicina 2 vezes ao dia. b) 40 miligramas 2 vezes ao dia + 500 miligramas de metronidazol 2 vezes ao dia + 500 miligramas de claritromicina 2 vezes ao dia. c) 40 miligramas 2 vezes ao dia + 1000 miligramas de amoxicilina 2 vezes ao dia + 500 miligramas De metronidazol 2 vezes ao dia. a duração da terapia combinada para erradicação dessa infecção é de 7 dias, podendo ser prolongada por até no máximo 14 dias. em pacientes idosos ou com insuficiência renal, a Dose de 40 mg/dia não deve ser ultrapassada. a não ser na terapia combinada para erradicação da helicobacter pylori, em que pacientes idosos também devem receber durante 1 semana a dose usual de 80 Mg/dia. em caso de redução severa da função hepática a dose deve ser ajustada para 40 miligramas a cada 2 dias ou 20 mg/dia.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Antes de iniciar o tratamento é necessário que se exclua a possibilidade de haver úlcera gástrica maligna e doenças malignas do esôfago, já que o tratamento com PANTOPAZ pode aliviar seus sintomas e causar um atraso no seu diagnóstico. Na disfunção hepática grave as enzimas hepáticas devem ser monitoradas durante o tratamento com PANTOPAZ; se houver aumento nos valores enzimáticos, o tratamento deve ser descontinuado. PANTOPAZ 40 miligramas não está indicado em distúrbios gastrintestinais leves, como na dispepsia nervosa. PANTOPAZ pode alterar a absorção de medicamentos cuja biodisponibilidade seja dependente do pH do suco gástrico. Isso se aplica, também, a medicamentos ingeridos pouco tempo antes de PANTOPAZ. Verificou-se que pantoprazol não afeta a farmacocinética ou a farmacodinâmica da antipirina, carbomazepina, cafeína, diazepam, diclofenaco, digoxina, etanol, glibenclamida, metoprolol, nifedipino, femprocumana, fenitoína, teofilina, varfarina e contraceptivos orais. A ingestão de antiácidos não interfere na absorção do patoprazol. Pantoprazol não aumenta a excreção urinária dos marcadores de indução, ácido D-glucarídico e 6 â-hidroxicortisol. Da mesma forma, as drogas investigadas não influenciaram a farmacocinética do pantoprazol. Estudos de interação farmacocinética em humanos, administrando-se pantoprazol simultaneamente aos antibióticos claritromicina, metronidazol e amoxicilina, não demonstraram nenhuma interação clinicamente significativa. O tratamento com PANTOPAZ pode, ocasionalmente, levar ao aparecimento de cefaléia, distúrbios gastrintestinais e reações alérgicas.

Apresentação

7 comprimidos revestidos 20 miligramas 14 comprimidos revestidos 20 miligramas 28 comprimidos revestidos 20 miligramas 7 comprimidos revestidos 40 miligramas 14 comprimidos revestidos 40 miligramas 28 comprimidos revestidos 40 miligramas

Venda

Venda sob prescrição médica

Introdução

Pantopaz Pantoprazol Registro M.S. nº 1.0047.0307

Laboratório

HEXAL DO BRASIL Ltda.


Bulas
Principal