Peralgin - Fenilbutazona - Bula

Peralgin

Fenilbutazona

Analgesicos



Peralgin

Indicação

Para quê serve Peralgin?

Reumatismos articulares agudos, subagudos ecrônicos (febre reumática, artrite reumatóide, espondiloartrites, osteoartrites, artroses, gota, etc.) e reumatismos não articulares (periartrites, bursites, lombalgias, reumatismo muscular). Neurites e neuralgias. Tromboflebite, enxaqueca. - Peralgin garante rápido efeito antipirético, antiflogístico e analgésico. A fenilbutazona cálcica proporciona ação antiflogística e analgésica nos casos de reumatismo e síndromes reumáticas.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Afecções inflamatórias ou ulcerosas do trato gastrintestinal, hepatopatias graves, edemas, discrasias sanguíneas, nefropatias, insuficiência cardíaca, hipersensibilidade à pirazolona.

Posologia

Como usar Peralgin?

2 a 4 drágeas ao dia, de acordo com a orientação médica.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

A fenilbutazona, quando usada em altas dosagens durante um período prolongado, pode provocar manifestações tóxicas de certo relevo, mais frequentemente nas pessoas do sexo feminino. Úlceras gastroduodenais podem ser reativadas, há diminuição da diurese, devido à retenção hidricossalina. Deprime a função hematopoiética da medula óssea, podendo provocar leucopenia moderada, agranulocitose e trombocitopenia. E aconselhável dieta, restringindo o uso de sal. No caso de tratamento durante longo período, exige-se o cuidado do controle sistemático do hemograma do doente sob tratamento pelo médico assistente.

Composição

Cada drágea contém: fenilbutazona cálcica 200 mg; excipiente q.s.p. 1 drágea.

Apresentação

Caixa com 20 e 100 drágeas.

Laboratório

Infabra Ind. Farm. Bras. Ltda.


Analgesicos
Bulas
Principal