Plenax - Cefixima - Bula

Plenax

Cefixima

Antibioticos Sistemicos



Plenax

Indicação

Para quê serve Plenax?

Infecções causadas por microorganismos sensíveis à cefixima.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Hipersensibilidade à cefixima ou história de alergia às cefalosporinas, às cefamicinas ou a qualquer um dos excipientes. Não é aconselhável administrar o produto a prematuros, recém-nascidos e lactentes até seis meses, uma vez que não foi determinada sua inocuidade para essas condições. Por não estar estabelecida a segurança de cefixima durante a gravidez, não é aconselhável o uso do produto por gestantes.

Posologia

Como usar Plenax?

Crianças com mais de 12 anos ou peso maior que 50 kg e adultos: 400 miligramas uma vez ao dia. Crianças com menos de 12 anos ou peso inferior a 50 kg: 8 mg/kg/dia em uma única tomada ou divididos em duas tomadas ao dia com intervalo de 12 horas. O produto pode ser tomado antes, durante ou após as refeições, pois a presença ou ausência de alimentos no tubo digestivo não influencia sua absorção. Em caso de insuficiência renal com clearance de creatinina de 20 ml/minuto não é necessário modificar a dose. Se o clearance for menor, a dose deverá ser reduzida à metade. Em pacientes hemodialisados a posologia não deve ultrapassar 200 miligramas ao dia. Uma vez que a cefixima não é metabolizada pelo fígado, não há necessidade de modificar a posologia em caso de insuficiência hepática. As cápsulas devem ser ingeridas inteiras, sem mastigar, com um pouco de líquido. Uma vez preparada, a suspensão é válida por 14 dias, devendo ser conservada em geladeira (não colocar no congelador). Pacientes idosos: não existem advertências ou recomendações especiais sobre o uso do produto por pacientes idosos. - Conduta na superdosagem e nas

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

Cefixima é pouco tóxica. O padrão de reações adversas, em voluntários sadios que ingeriram 2 g do produto, não diferiu do daqueles tratados com a posologia recomendada. Não é de se esperar, portanto, quadro de intoxicação consequente à ingestão de grandes quantidades do produto. Nesse caso recomenda-se lavagem gástrica e tratamento sintomático. Não existe antídoto específico e a hemodiálise ou a diálise peritoneal não removem quantidades significativas de cefixima da circulação. As reações adversas são tratadas com medidas sintomáticas ou com a interrupção do tratamento. Em caso de manifestações alérgicas importantes, utilizar anti-histamínicos, adrenalina e corticóides.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Não foi determinado se o produto é excretado pelo leite humano, portanto não se recomenda seu uso por lactantes. Caso seja necessário utilizá-lo, a amamentação deverá ser interrompida durante o tratamento. O produto deve ser administrado com cautela a pacientes com história de alergia à penicilina, pois reações cruzadas com outros antibióticos betalactâmicos podem ocorrer em 10% desses pacientes. É necessária estrita supervisão médica quando o produto é prescrito a pacientes nefropatas, devendo a dose ser convenientemente ajustada de acordo com o clearance da creatinina. Nos tratamentos prolongados é recomendável o controle das funções renal e hepática, assim como da hematopoiese. O médico deve pensar na possibilidade de superinfecções por fungos e bactérias resistentes à cefixima. Nesse caso deve-se interromper a administração do produto e instituir o tratamento adequado. Interações medicamentosas: até o momento não são conhecidos relatos de interações significativas com outros medicamentos. A administração do produto pode ocasionar resultados falsamente positivos em testes para determinação de glicose na urina quando se usa solução de Fehling ou de Benedict, assim como Clinitest. Igualmente pode ocasionar reações falsamente positivas em testes para determinação de cetonas na urina que utilizam nitroprussiato. Existem relatos de que durante o tratamento com cefalosporinas pode-se observar resultado falsamente positivo em teste de Coombs direto.

Composição

Cada cápsula contém: cefixima 400 miligramas eexcipientes (carboximetilcelulose cálcica, estearato de magnésio, macrogol 40 e sílica). Cada grama do pó para suspensão contém 37,736 mg de cefixima. Excipientes (aroma de morango, benzoato de sódio, goma de xantana e sacarose). Após adição de água até a marca, cada 5 ml da suspensão contém 100 miligramas de cefixima.

Apresentação

Embalagem contendo 5 cápsulas de 400 mg, embalagem contendo um frasco com pó para preparo de 50 mililitros de suspensão oral 100 miligramas e um dosificador oral.

Laboratório

Merck Sharp & Dohme Farmacêutica Ltda.


Antibioticos Sistemicos
Bulas
Principal