Suprefact e - Buserelin, Acetato - Bula

Suprefact e

Buserelin, Acetato

Antiestrogenos



Suprefact e

Indicação

Para quê serve Suprefact e?

Endometriose, quando o tratamento cirúrgico não seja considerado como terapia primária.

Contraindicações

Quando NÃO devo usar este medicamento?

Até que dados adequados sejam obtidos, não deve ser utilizado na gravidez e no período de lactação. Hipersensibilidade à buserelina e ao cloreto de benzalcônio.

Posologia

Como usar Suprefact e?

A dose diária é de 0,9 mg de buserelina é independe do peso corporal. Durante o dia realizam-se 3 aplicações de Suprefact E nasal, em cada narina, conforme o esquema seguinte: 1ª, 2ª e 3ª aplicações respectivamente pela manhã, ao meio-dia e à noite, 1 vez na narina esquerda e outra na narina direita. É aconselhável administrar o produto de manhã, ao meio-dia e à noite, porém pode ser utilizado outro horário, desde que se mantenha intervalos uniformes. O tratamento deve ser iniciado no 1º ou 2º dia do ciclo menstrual, para excluir a existência de gravidez. Em caso de duvida, é aconselhável fazer teste laboratorial. A duração total do tratamento é determinada pelo médico. A duração usual do tratamento é de 6 meses e não deve exceder 9 meses.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

Tratamento de endometriose com Suprefact E é baseado na supressão completa do hormônio sexual feminino (estrógeno). Pode ocorrer um sangramento semelhante ao menstrual geralmente durante as primeiras semanas do tratamento. Ocasionalmente, pode ocorrer sangramento (spot) durante o tratamento. Devido à supressão dos hormônios sexuais, as pacientes podem apresentar sintomas semelhantes aos da menopausa como ondas de calor, aumento de transpiração, vagina seca, perda da libido e osteoporose. Esses sintomas ocorrem após algumas semanas do início do tratamento. Depois de vários meses de tratamento com Suprefact E pode ocorrer perda do conteúdo mineral ósseo, cuja regeneração ocorre dentro de 3 a 6 meses após o fim do tratamento. Os sintomas seguintes não podem ser claramente atribuídos à supressão do hormônio, apesar de ocorrerem durante a menopausa: cefaléia (do tipo migrania em raros casos), vertigem, sonolência, palpitações, distúrbio do sono, nervosismo, humor depressivo, variação do peso, hipersensibilidade da mama com alteração do volume, aumento ou diminuição dos pêlos do corpo, acne, pele seca e ocasionalmente corrimento vaginal. Também foram observados ocorrências de náuseas, vômitos, diarréia, obstipação, epigastralgia e um aumento nos níveis séricos das enzimas hepáticas (transaminases) assim como dores na região inferior do abdômen, costas e membros, desconforto articular e parestesias, particularmente nos braços ou pernas. Pode ocorrer irritação da mucosa nasal (hemorragia nasal raramente) e irritação dos olhos em pacientes que usam lentes de contato. Reações de hipersensibilidade como vermelhidão da pele e urticária podem ocorrer em casos isolados. Edema de face ou extremidades podem ocorrer ocasionalmente. Cistos ovarianos têm sido observados na fase inicial do tratamento com Suprefact E.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Antes de iniciar o tratamento com Suprefact E nasal, a paciente deverá descontinuar o tratamento contraceptivo com pílula oral. Outros meios de contracepção deverão ser usados durante os dois primeiros meses do tratamento. É indesejável a ocorrência de gravidez em estágio tardio do tratamento administrado corretamente. Se este fato ocorrer, Suprefact E nasal deve ser descontinuado imediatamente. Pacientes sabidamente deprimidas ou com história de ocorrência de estados depressivos devem ser tratadas com Suprefact E sob cuidadosa supervisão médica. - Interações medicamentosas: contraceptivos orais ou esteróides sexuais não devem ser usados simultaneamente, devido a uma possível interferência no sucesso do tratamento.

Composição

Cada aplicação contém: acetato de buserelina(equivalente a 0,15 miligramas de buserelina) 0,157 mg; cloreto de benzalcônio 0,01 mg. Veículo q.s.p. 0,1 g.

Apresentação

Solução nasal - embalagem com frasco de 10 g acompanhado de nebulizador-dosador. Cada frasco contém 15,75 miligramas de acetato de buserelina, equivalente a 15 miligramas de buserelina, e cloreto de benzalcônio como conservante e permite aproximadamente 84 aplicações.

Laboratório

Hoechst Marion Roussel


Antiestrogenos
Bulas
Principal