Teoden - Bula

Teoden

Broncodilatadores



Teoden

Indicação

Para quê serve Teoden?

No controle e/ou prevenção das crises de asma. Na profilaxia de broncoespasmo induzido por exercício. Na prevenção, controle e tratamento dos broncoespasmos diurno e noturno, associados ou não à asma, bronquite e/ou enfisema.

Contraindicações

Quando NÃO devo usar este medicamento?

Nos casos de hipersensibilidade ao salbutamol. Na arritmia cardíaca preexistente.

Posologia

Como usar Teoden?

Para o alívio de crises de asma ou broncoespasmo agudo de outra etiologia, em adultos e adolescentes acima de 12 anos, recomenda-se 1 ou 2 inalações por aplicação, repetidas se necessário, a intervalos mínimos de 4 horas e para crianças 1 inalação repetida, se necessário, a intervalos mínimos de 4 horas. Para prevenção de crises ou tratamento de manutenção, em adultos, recomenda-se 2 inalações três ou quatro vezes ao dia. E para crianças 1 inalação três ou quatro vezes ao dia. Na prevenção do broncoespasmo induzido pelo exercício (adultos e crianças) recomendam-se 2 inalações antes do exercício.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

As reações adversas que podem ocorrer são faringite, congestão nasal, broncoespasmo, tosse, taquicardia leve, palpitação, angina, ligeira queda ou aumento na pressão arterial, tensão, dor de cabeça, tontura, insônia, vômito, náusea, vasodilatação periférica, secura e irritação da orofaringe com doses altas.

No caso de broncoespasmo paradoxal, a preparação deve ser descontinuada imediatamente e instituída terapia alternativa.

A terapia com agonistas beta-2 pode resultar em hipocalemia potencialmente séria. Pode ocorrer hiper-atividade em crianças.

Raros casos de urticária, angioedema, exantema, broncoespasmo e edema da orofaringe foram relatadas após o uso do salbutamol.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

O efeito broncodilatador de cada administração de TEODEN permanece em média por 4 horas, exceto nos processos mais avançados, circunstância em que o paciente deve ser advertido no sentido de não aumentar as doses e nem associar outra medicação sem orientação médica.

Caso TEODEN não proporcione alívio durante, pelo menos, 3 horas, o paciente deve ser aconselhado a procurar seu médico para as medidas adicionais necessárias.

A terapia com agonistas beta-2 pode resultar em hipocalemia potencialmente séria, principalmente na administração parenteral ou por nebulização.

TEODEN deve ser administrado com precaução a pacientes portadores de tireotoxicose.

Deve ser usado com cautela em pacientes que apresentem particular susceptibilidade ao efeito simpatomimético, principalmente aqueles com hipertireoidismo.

Grande atenção também deve ser dispensada aos pacientes com doenças cardíacas, tais como doença cardíaca isquêmica, arritmia ou taquicardia, arteriosclerose, hipertensão ou aneurisma.

Pode ocorrer dor anginosa em pacientes com angina pectoris.

Deve-se ter cautela ao se administrar o medicamento para pacientes diabéticos.

Pode ocorrer hiperglicemia que, em geral, é reversível.

Um aumento no risco de arritmias pode também ocorrer se salbutamol for administrado para pacientes recebendo glicosídeos cardíacos, quinidina ou antidepressivos tricíclicos.

Pode provocar reação de hipersensibilidade imediata.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

As reações sintomáticas de superdose consistem: taquicardia, estimulação do snc, tremor, hipocalemia e hiperglicemia. utiliza-se tratamento sintomático dos efeitos adversos. os níveis séricos de potássio devem ser monitorados.

O antídoto de eleição no caso de superdose com o teoden, será um agente betabloqueador cardiosseletivo, medicamento que, entretanto, deve ser usado com cautela nos pacientes com História de broncoespasmo.

Recomenda-se tratamento hospitalar.

Interações Medicamentosas

Teoden Aerossol inalatório oral não deve ser administrado com outros simpatomiméticos broncodilatadores, administrados na forma de aerossol, pois podem causar efeitos aditivos, provocando toxicidade.

Salbutamol deve ser administrado com extremo cuidado em pacientes tratados com inibidores da MAO e antidepressivos tricíclicos pois que a ação do salbutamol no sistema vascular pode ser potencializada.

Agentes beta bloqueadores e salbutamol, terapeuticamente não devem ser administrados simultaneamente pois apresentam efeitos antagônicos.

Venda

Venda sob prescrição médica

Introdução

Teoden Salbutamol Biosintética

Gravidez e Lactação

Não é aconselhável a administração de medicamentos no primeiro trimestre de gravidez. A administração de drogas durante a gravidez somente deve ser efetuada se o benefício esperado para a mãe for maior do que qualquer possibilidade de risco ao feto.

Como o salbutamol é provavelmente excretado no leite materno, o seu uso em lactantes não é recomendado, a menos que os benefícios esperados prevaleçam sobre qualquer risco potencial.

Não é conhecido se o salbutamol no leite materno tem um efeito prejudicial ao neonato.

Composições

Aerossol inalatório oral 50 l/jato - cada jato contém:

Salbutamol micronizado: 100 mcg Excipiente e propelentes qsp: 50 l (Ácido oléico, triclorofluormetano e diclorofluormetano)

Informações ao Paciente

. TEODEN é indicado para o controle e/ou prevenção da asma e/ou da bronquite.

. O aerossol inalatório deve ser mantido em local fresco (até 15ºC a 30º C). Recomenda-se lavar, periodicamente, o bocal (a parte do aplicador plástico que se ajusta à boca), de preferência com água morna e sabão neutro, após a aplicação do produto. A peça deve ser bem enxaguada, seca e tampada.

. A embalagem aerossol encontra-se pressurizada. Não tente perfurar-la ou queimá-la, mesmo quando vazia.

. Prazo de validade: 3 anos se mantido a temperaturas até 30ºC, não deve ser congelado, proteger da luz. Não utilizar este medicamento com o prazo de validade vencido.

. Não aumente a dose ou a frequência da medicação e nem interrompa o tratamento sem o consentimento de seu médico.

. Caso ocorra piora dos sintomas consulte seu médico.

. Durante o uso de TEODEN não se deve usar outras drogas antiasmáticas, a não ser que sejam prescritas.

. Caso o medicamento não proporcione alívio durante, pelo menos 3 horas, não aumente as doses nem tampouco associe outro medicamento. Procure imediatamente seu médico ou algum pronto-socorro próximo.

. Não use o medicamento sem orientação do seu médico, pois somente ele pode saber a dose adequada para o seu caso.

. Informe seu médico sobre ocorrência de gravidez ou lactação durante o tratamento.

. Informe seu médico sobre o aparecimento de reações desagradáveis, tais como: tremor na mão e aceleração dos batimentos do coração. Estas reações não são frequentes com o uso de Teoden aerossol inalatório oral e, geralmente, estão associadas à inalação de altas doses do produto.

. Não deve ser usado por pessoas alérgicas ao produto.

. TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

. NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.

Modo de Ação

Salbutamol, também conhecido como albuterol, é um potente agonista 2-adrenérgico altamente seletivo. Está classificado como um simpatomimético -2. Nas doses terapêuticas, possui pouca ou nenhuma ação sobre os receptores cardíacos. Estruturalmente assemelha-se à epinefrina, sendo que uma das hidroxilas fenólicas foi substituída por CH2OH.

O salbutamol é altamente ativo na prevenção da liberação, induzida por antígeno, de histamina e da SRS (A) (substância de reação lenta de anafilaxia) de mastócitos em pulmão humano sensibilizado por anticorpo IgE. Essas reações de hipersensibilidade Tipo 1 são, geralmente, consideradas desencadeantes primárias da síndrome de asma alérgica.

TEODEN é, por essa razão, indicado tanto para tratamento quanto para profilaxia da asma e também para tratamento de outras condições, como a bronquite e o enfisema, associadas a obstrução reversível das vias aéreas. Por ter ação duradoura TEODEN é adequado para tratamento de manutenção na asma crônica e bronquite crônica. O sistema de liberação do aerossol através do uso de salbutamol em doses de microgramas, permite evitar o tremor da musculatura esquelética, algumas vezes associado à terapia por via oral.

TEODEN age rapidamente e pode ser usado, quando necessário, para alívio das crises de dispnéia aguda. As doses devem ser tomadas profilaticamente antes da realização de um grande esforço ou para prevenir a crise de asma induzida por exercício.

Devido à ação seletiva do salbutamol nos brônquios e aos mínimos efeitos sobre o sistema cardiovascular, TEODEN pode ser utilizado para tratamento do broncoespasmo em pacientes com doença cardíaca subjacente ou hipertensão, inclusive aqueles sob tratamento com -bloqueadores, frequentemente com insuficiência respiratória. Embora os -bloqueadores possam antagonizar o efeito do Teoden.

Quando administrado por inalação, é absorvido gradualmente pelos brônquios e uma porção da fração deglutida é absorvida do trato gastrintestinal.

O início da ação através da via inalatória se dá em 5 a 15 minutos. Atinge efeito máximo (melhora da função pulmonar) em 60 a 90 minutos por inalação. A duração da ação pode variar de 4 a 6 horas.

Sofre biotransformação hepática, originando um metabólito que tem pouca ou nenhuma atividade -adrenérgica.

Em 24 horas, aproximadamente, a dose de salbutamol é excretada pela urina (72 a 76%) e pelas fezes (4 a 10%), sendo que a maior parte é excretada na forma de metabólitos 44% ou salbutamol 28%.

Formas Farmacêutica e Apresentação

Aerossol inalatório oral com válvula dosificadora para 100 mcg/dose. Frascos com 10 mililitros para 200 doses.

Modo de Usar o Aplicador Plástico de Polipropileno

Figura 1 da bula do AEROLIN 1. Remova a tampa do bocal. Segure o inalador como mostrado acima e agite-o bem para assegurar a mistura de substância ativa com os propelentes.

Figura 2 da bula do AEROLIN 2. Expire lentamente até não conseguir expelir mais ar dos pulmões e então, IMEDIATAMENTE...

Figura 3 da bula do AEROLIN 3. Coloque o bocal do inalador entre os lábios ajustando-os bem à peça, ou até 4 cm da cavidade oral, de acordo com a orientação médica. Pressione firmemente o inalador entre o indicador e o polegar para liberar o aerossol enquanto estiver inspirando profunda e rapidamente.

Figura 4 da bula do AEROLIN 4.O medicamento atingirá, desse modo, a árvore respiratória. Prenda a respiração por 10 segundos (conte, mentalmente, até 10) ou o máximo que puder, para permitir uma boa penetração do aerossol nos pulmões. Expire, como no estágio 2.

Se você fizer uma segunda inalação, espere aproximadamente 10 segundos e então repita os passos 2, 3 e 4. Recoloque a tampa no bocal.

Os pacientes com fraqueza nas mãos devem usar o inalante com ambas as mãos, com os dois indicadores na parte superior do inalador e ambos os polegares abaixo do bocal.

IMPORTANTE: não execute os estágios 2 e 3 de forma apressada. É importante que o seu inalador seja acionado no mesmo momento da inalação (inspiração). Isto é conseguido por meio de uma rápida e vigorosa sucção no bocal.

Pratique todos os passos da instrução em frente a um espelho nas primeiras vezes.

Teste o acionamento do inalador antes de usá-lo pela primeira vez e sempre que o aerossol não for usado por uma semana ou mais.

Partículas em suspensão no ar, formando uma fina nuvem acima do inalador, durante a administração do medicamento, indicam falha na aplicação. Isto significa que o procedimento deve ser repetido a partir do estágio 1.

USO EM CRIANÇAS: o uso de TEODEN deve ser aplicado em crianças sob supervisão de um adulto e de acordo com a recomendação médica.

Laboratório

Biosintética Farmacêutica Ltda.


Broncodilatadores
Bulas
Principal