Tracitrans Plus - Bula

Tracitrans Plus



Laboratório

Fresenius

Apresentação de Tracitrans Plus

Solução concentrada para infusão intravenosa: Ampola de vidro transparente 10 mililitros

Tracitrans Plus - Indicações

No tratamento e prevenção de deficiências dos oligoelementos presentes na formulação. Suprimento das necessidades diárias de oligoelementos.

Contraindicações de Tracitrans Plus

Tracitrans Plus está contraindicado quando houver insuficiência renal, intoxicação preexis-tente de zinco, desordens na utilização de ferro (hematocromatose, hemosiderose), desor-dens no metabolismo do cobre (doença de Wilson), níveis séricos elevados dos oligoele-mentos presentes no Tracitrans Plus, disfunção hepática, particularmente colestase, situa-ção em que pode haver excreção prejudicial de cobre ou manganês. Tracitrans Plus foi desenvolvido especificamente para atender as necessidades diárias de oligoelementos e atender à necessidades ligeiramente elevadas de zinco de pacientes adultos, e crianças acima de 40 kg, não sendo conveniente o uso em neonatos e crianças menores de 40kg.

Advertências

NÃO DEVE SER ADMINISTRADO SEM DILUIÇÃO! Quando adicionado à solução diluente ou a medicamentos, é necessário assegurar condi-ções assépticas de manipulação, completa dispersão e compatibilidade da mistura. Tracitrans Plus não deve ser estocado depois da adição a outros medicamentos. Utilizar somente se a solução estiver límpida e a embalagem intacta.

Interações medicamentosas de Tracitrans Plus

Tracitrans Plus não deve ser adicionado a soluções de infusão contendo fosfatos inorgâni-cos sem a diluição mínima recomendada (vide posologia). A adição de oligoelementos a soluções contendo vitamina C pode reduzir o conteúdo desta.

Reações adversas e efeitos colaterais de Tracitrans Plus

Ainda não são conhecidas a intensidade e frequência das reações adversas.

Tracitrans Plus - Posologia

Para infusão intravenosa após a diluição em solução compatível. Se não prescrito de outra maneira, uma ampola (10ml) por dia deve ser administrada em pacientes adultos e crianças acima de 40 kg, por via intravenosa, em pelo menos 500ml de solução diluente compatível, como nutrição parenteral compatível, cloreto de sódio 0,9%, glicose 5%, glicose 20%, glicose 50%, solução de Ringer e soluções polieletrolíticas. A adição do Tracitrans Plus deve ser feita em condições assépticas, imediatamente antes da administração e deve ser utilizada dentro de 24 horas. Depois da diluição, a solução deve ser utilizada imediatamente. Tracitrans Plus nunca deve ser administrado na forma concentrada. Deve ser diluído antes da administração. Tracitrans Plus pode ser utilizado durante todo o período em que a terapia nutricional pa-renteral for necessária.

Superdosagem

A superdosagem com Tracitrans Plus é extremamente improvável, pois a quantidade de oligoelementos por ampola é bem menor que os níveis tóxicos para cada elemento. Uma vez que a eliminação não esteja impedida, não há risco de superdosagem.

Tracitrans Plus - Informações

Composição: Cada 10 mililitros contém: Molibdato de sódio 2H2O 0,0484 mg; Selenito de sódio 5 H2O 0,1052 mg; Cloreto de ferro III 6H2O 5,4060 mg; Cloreto de zinco 13,6300 mg; Cloreto de manganês II 4H2O 0,9895 mg; Cloreto de cobre II 2H2O 3,4100 mg; Cloreto de cromo III 6H2O 0,0533 mg; Fluoreto de sódio 2,1000 mg; Iodeto de potássio 0,1660 miligramas Outros ingredientes: Água para injeção, xilitol, ácido hidroclorídrico e hidróxido de sódio. Os nove oligoelementos presentes no Tracitrans Plus, zinco, cobre, ferro, manganês, mo-libdênio, cromo, selênio, iodo e flúor, são nutrientes essenciais com funções fisiológicas es-pecíficas. Nos casos em que o aporte desses elementos por via oral ou enteral é insuficiente ou inexistente, eles devem ser supridos por administração parenteral. Os elementos traço metálicos (com exceção do iodo) são componentes fundamentais das enzimas, na forma de cofatores e metaloenzimas. Nas metaloenzimas, os íons metálicos são constituintes inte-grantes dos sítios ativos das enzimas, e estão fortemente ligados à enzima. Como cofatores, eles são menos fortemente ligados à estrutura da enzima, e podem ser deslocados por ou-tros metais de mesma valência. Sua ação na estrutura ativa da enzima é polarizar o substra-to no sítio ativo. Os oligoelementos portanto regulam a atividade enzimática no metabolismo intermediário, influenciando o metabolismo de outros elementos nutricionais, como aminoá-cidos, lipídios e carboidratos. Além disso, os oligoelementos são componentes de várias estruturas celulares, como o DNA do núcleo e a membrana celular. A dose de zinco permite a manutenção do equilíbrio positivo desse elemento, essencial para uma resposta anabólica, fundamental em pacientes nutricionalmente depletados e em estados catabólicos. Por ser administrado por via intravenosa, a biodisponibilidade do Tracitrans Plus é de 100%.


Bulas
Principal