Transamin - Bula

Transamin



Transamin

Indicação

Para quê serve Transamin?

Controle e prevenção de hemorragias ligadas a várias áreas. Cirurgias cardíacas, ortopédicas, ginecológicas, otorrinolaringológicas, urológicas, neurológicas, hemofílicos, hemorragias digestivas e das vias aéreas. Edema angioneurótico.

Contraindicações

Quando NÃO devo usar este medicamento?

Pacientes com história de doença tromboembólica ou hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Pacientes com hemorragia no trato urinário superior.

Posologia

Como usar Transamin?

Adultos: fibrinólise local: injetável: a dose recomendada é de 5 a 10 mililitros (500 a 1000 mg) por injeção intravenosa lenta (1 ml/min), 3 vezes ao dia. Se o tratamento continuar por mais de 3 dias, recomenda-se o uso da apresentação oral. Alternativamente, após injeção intravenosa inicial, o tratamento subsequente pode ser continuado por infusão venosa. Após diluído, pode ser administrado na dose de 25 a 50 mg/kg/dia. Comprimidos: a dose recomendada é de 15 a 25 mg/kg, isto é, 2 a 3 comprimidos, 2 a 3 vezes ao dia. Fibrinólise sistêmica: injetável: na coagulação intravascular disseminada, com ativação predominante do sistema fibrinolítico, usualmente uma dose única de 1000 miligramas (10 ml) é suficiente para controlar o sangramento. Neutralização de terapia trombolítica: 10 mg/kg por injeção intravenosa lenta. Crianças: de acordo com o peso corporal: 10 mg/kg, 2 a 3 vezes ao dia. Idosos: não há necessidade de redução da dose, a menos que existam evidências de insuficiência renal. Atenção: Transamin Injetável pode ser misturado nas seguintes soluções: soro fisiológico isotônico, glicose isotônica, frutose a 20%, Dextran 40, Dextran 70 e solução de Ringer. Transamin pode ainda ser administrado juntamente com heparina. Em pacientes com insuficiência renal, a dose deve ser corrigida de acordo com o seguinte esquema, para evitar o risco de acúmulo: creatinina sérica: 120 a 150 micromol/l, dose I.V: 10 mg/kg, dose oral: 25 mg/kg, 2 vezes ao dia; creatinina sérica: 250 a 500 micromol/l, dose I.V.: 10 mg/kg, dose oral: 25 mg/kg, 1 vez ao dia; creatinina sérica: > 500 micromol/l, dose I.V.: 5 mg/kg dose oral: 12,5 mg/kg, 1 vez ao dia.

Composição

Cada comprimido contém 250 miligramas de ácidotranexâmico. Cada ampola de 5 ml contém 50 mg/ml, totalizando 250 miligramas de ácido tranexâmico por ampola.

Apresentação

Caixas com 5 ampolas e caixas com 12 comprimidos.

Laboratório

Nikkho do Brasil Ltda.


Bulas
Principal