Venoruton - Bula

Venoruton



Laboratório

Novartis

Apresentação de Venoruton

compr. 500 miligramas . embalagem com 20 comprimidos cápsulas 300mg. embalagem com 20 cápsulas Gel. bisn. com 20 g.

Venoruton - Indicações

Venoruton comprimidos e cápsulas: estado pré-varicoso. Dores e edemas das varizes declaradas. Varizes e hemorróidas gravídicas. Complicações das varizes: tromboflebites superficiais, estado pós-flebítico. Transtornos tróficos, úlceras varicosas e dermite varicosa. Coadjuvante do tratamento esclerosante e da exérese das varizes. Varizes anorretais (hemorróidas) e suas complicações. Parestesias: formigamento das extremidades à noite e ao despertar, cãimbras noturnas. Venoruton gel: dores e edemas relacionados à insuficiência venosa; dores após escleroterapia venosa. Dores e edemas de origem traumática; distensões; contusões musculares.

Contraindicações de Venoruton

Venoruton é contraindicado nos casos de hipersensibilidade à qualquer componente da formulação.

Reações adversas e efeitos colaterais de Venoruton

Em casos muito raros foram relatadas reações adversas leves (reações alérgicas da pele, distúrbios leves do estômago e intestino, dores de cabeça, vermelhidão da face) que desaparecem rapidamente após interrupção do tratamento.

Venoruton - Posologia

Venoruton cápsulas 300 mg: no início do tratamento, 1 cápsula 2 vezes ao dia. As cápsulas devem ser ingeridas com um pouco de líquido, sem que sejam mastigadas, pela manhã e à noite, durante ou imediatamente após as refeições. Em alguns casos, são úteis e necessárias doses diárias superiores a 900 miligramas Venoruton comprimidos 500 mg: no início do tratamento, em casos de doenças venosas, tomar 2 comprimidos ao dia. Após 4 semanas, o tratamento poderá ser prosseguido com 1 comprimido diariamente (terapia de manutenção). Venoruton gel: Aplicar o gel duas vezes por dia (de manhã e à tarde), friccionando ligeiramente para facilitar a penetração do medicamento, até completa absorção, isto é, até que a pele pareça estar seca, e não se sinta o gel ao contato da mão. Em caso de úlceras, não aplicar o produto sobre a lesão, mas ao redor dela. A duração do tratamento depende das complicações. Basicamente, não existe um limite temporal para a duração do tratamento. Persistindo as dores, após orientação médica o tratamento deverá ser prosseguido por um período mais longo.

Venoruton - Informações

Venoruton é um medicamento que tem em sua composição um bioflavonóide chamado rutosídeo, que atua principalmente nos capilares venulares, reduzindo a permeabilidade microvascular, diminuindo edemas pós-traumáticos, pós-cirúrgicos, varizes, inflamação e dor. Venoruton inibe as prostaglandinas-E2 (ação anti-inflamatória), age na circulação sanguínea protegendo a deformidade dos glóbulos vermelhos, reduz a agregação plaquetária e protege o epitélio vascular.


Bulas
Principal